domingo, 21 de junho de 2020

O activismo político da ministra da Justiça, Van Dunem, conselheira do STJ e o MP difuso

Sol de ontem:


Esta crónica segue na esteira desta notícia:



Obviamente que isto representa uma grande iniquidade, a vários níveis e que se torna inadmissível em termos de Justiça, se bem que legalmente possível, por causa disto:


O activismo político da actual ministra da Justiça espelha-se nesta decisão e mostra como esta pessoa nunca deveria ter sido escolhida para integrar o STJ. Nunca.

Sem comentários: