Páginas

domingo, 16 de novembro de 2014

Miguel Macedo demite-se e...faz muito bem.

Observador:

O ministro da Administração Interna vai anunciar a sua demissão esta noite, numa declaração à imprensa às 19h30, confirmou o Observador.

Não é só o ministro que tem que se demitir. Há mais gente que depende do primeiro-ministro que tem de o fazer. E já vai tarde. 

13 comentários:

foca disse...

Mas se o Ministro que reconduziu o homem do SEF não tem condições para continuar, que dizer do xuxalistas que o nomeou?
Na verdade não se pode esperar muito, quando temos o boca de sapo pedófilo a chefiar o grupo parlamentar!

Floribundus disse...

o ministro foi demitido pela comunicação social, sobretudo as tvs

os da justiça e da educação são igualmente suas vítimas

'és jornalista porque nunca foste um ser humano'

ninguém resiste ao MONSTRO e à dita comunicação

isto é 'um lugar muito mal frequentado'

José disse...

Neste caso julgo que não foi assim e que Crato e Paula Cruz não se devem demitir.

Floribundus disse...

Crato e Paula T Cruz foram foram achincalhados grosseiramente pela comunicação social e sindicato da nojeira

quando a culpa é inteiramente do MONSTRO

o entertainer não perdoa ao PM não pensar nele para candidato

Maria disse...

Até qu'enfim José! Parabéns! Desde há algum tempo que venho tendo a impressão de que não gostava da Mª. da Justiça. Pois eu gosto muito dela. Mais que não fora porque está a mostrar o que é ser-se imparcial na desmontagem da corrupção ao mais alto nível que tem grassado como cogumelos em terra húmida, assim como na descoberta de alguns dos grandes corruptos, presumindo-se intocáveis por deterem altos cargos políticos e institucionais. Parabéns Drª. Paula Teixeira, não desista da empresa extraordinàriamente difícil mas utilíssima que em boa hora empreendeu e que está a prestar ao País, que dela tanto precisa.

Quem persiste em querer que se demita (e nesta vergonha está a esquerda toda, desde a moderada (mas pouco!) à extrema, mais alguma direita situacionista que faz o jogo da esquerda por oportunismo puro, incluíndo a imprensa a soldo do capital e este por sua vez a soldo do mundialismo) só tem medo de duas coisas: que seque o caudal que jorra a rodos desde há quarenta anos sem interrupção e que as redes criminosas de pedofilia e de tráfico de tudo e mais alguma coisa, sejam postas a nu e os seus verdadeiros promotores e beneficiadores chamados à pedra, detidos e punidos.

É só disto que a máfia que nos rege e que introduziu a democracia no País a mando do exterior com o único propósito de abrir as portas do País a toda a espécie de criminalidade e de gatunagem (cujos receptadores estão protegidos pelo sistema, como as demais redes do crime organizado) tem um medo atroz. Mesmo sabendo estar protegida pelo sionismo mundial. Mas há alturas em que este se coibe de protegê-los, a motivação é secreta.

A podridão que não só envolve a classe política mas também atinge o próprio sistema de uma ponta à outra em Portugal, passa-se em todas as democracias do mundo. Foi para isso que elas foram criadas. Resta-nos, bem como às demais democracias, que gente íntegra, corajosa, destemida e patriota acabe com pelo menos uma grande parte daquela, pode ser que as restantes aprendam a lição de uma vez por todas.

Quanto ao ministro Crato, em quem depositei toda a esperança de que iria dar uma volta completa ao desgraçado ensino que se pratica em Portugal..., comecei a esmorecer e a esperança a esvair-se, o que me leva (ainda e para já) a não querer emitir uma opinião definitiva. Espero poder um dia dar-lhe também os parabéns pela sua prestação à frente do Ministério. Porém e há sempre um "mas", ele que me desculpe mas até prova em contrário desconfio dos políticos e até dos não políticos, que tenham um dia, não me interessa se apenas na juventude, militado em partidos da extrema esquerda. Temos bastas e amargas provas dos vira-casacas, não é verdade?

Lamas disse...

Após ler e ouvir tantos elogios a Miguel Macedo, até pela oposição, se eu fosse o PM nomeava o próprio Macedo para o lugar. Agora ele é que bom.!!!

N disse...

Sai um palhaço, entra outro palhaço, o circo continua.

Isto só vai lá quando for o regime a se demitir, ou melhor, a ser demitido.

Zephyrus disse...

Entretanto em Espanha a máscara cai ao pelintra radical:

http://politica.elpais.com/politica/2014/11/17/actualidad/1416180224_560231.html

Se os espanhóis são hoje mais ricos que nós foi porque não passaram pelas agruras de um PREC. Espero que não cometam a mesma asneira que cometemos há 40. Seria como passar... de cavalo a burro!

Floribundus disse...

vivemos tempos piores que os das

Inquisições Católica e Protestante

o lixo humano tomou conta da moralidade

por mim mandava-os para a receita dum ex-secretário de estado

deixava-os xingar diariamente até se cansar

dirão sempre que fugiu

Floribundus disse...

recordo que o bárbaro joão calvino mandou

queimar vivo

o seu correlegionário,
o médico catalão Miguel Servet
(que descobriu a pequena circulação sanguínea)

hoje acontece o mesmo às pessoas sérias

Kaiser Soze disse...

Eu tb acho que o Miguel Macedo fez bem. Tendo ou não tendo envolvimento directo com o caso - e até acredito que não tenha - em cargos públicos não chega ser, é preciso parecer.

Acho um sonho que a Cruz, por muitos mais motivos, não lhe tenha seguido os passos.
A vergonha que foi o CITIUS e, talvez, a vergonha de ter apontado a 3ºs, seria mais que suficiente. Para os ES foi o contabilista, para a Ministra foi tb um contabilista mas com outro título.

Ademais, vir falar em fim da impunidade quando se engavetam gajos conhecidos fica bem num café por, eventualmente, um contabilista mas não em público por alguém formado em Direito e muito menos por uma Ministra.

ps. não sei se fui só eu quem reparou na tremedeira do Marques Mendes. Tremedeira tanto metafórica como literal.

foca disse...

Sim Kaizer, o baixinho ou está com Parkinson ou estaria em stress.
Apesar de ter uma sonsa do outro lado que não lhe perguntou nada de complicado, por exemplo, que espécie de negocio anda a fazer em Moçambique? Ou se tendo uma empresa não lhe conhece a actividade? Se acha que não tem actividade e sendo jurista, considera que deve manter-se activa? E quem paga a contabilidade e restantes despesas e impostas da dita empresa?
Enfim, uma mão cheia de perguntas que não foram feitas nem indicadas nos vários espaços informativos das horas seguintes.

José disse...

Esse cretino pequenino julga que faz dos outros parvos, mas agora que lhe secou a fonte, vai-se ver como é...