segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Depois da bandalheira, o excesso de zelo...

 Advogados que comentem processos judiciais serão punidos

Comunicado assinado pelo presidente do Conselho Regional de Lisboa e de Deontologia da Ordem dos Advogados relembra que falar sobre casos concretos dá direito a processo disciplinar
A Ordem dos Advogados (OA) relembra aos advogados que falar sobre processos mediáticos pode resultar em processos disciplinares. O comunicado – assinado conjuntamente líder do Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados António Jaime Martins e pelo representante do Conselho de Deontologia Paulo Graça – foi esta segunda-feira enviado aos advogados.
Os líderes da OA admitem que se têm “vulgarizado as intervenções televisivas protagonizadas por advogados sem o necessário enquadramento estatutário, designadamente a propósito de processos mediáticos”. E sem a autorização prévia que o Estatuto da OA obriga do respectivo líder da distrital.

O Araújo&Delille já estão a rir-se disto...e até que se veja alguma coisa, também acho piada a esta grandiloquência vazia.

3 comentários:

Floribundus disse...

a bandalheira nunca terá parança
é inerente ao sistema

Kaiser Soze disse...

Parece-me bem e tardio.
Ontem ouvi o Rogério Alves a falar do processo dos Vistos Gold e pensei exactamente nisto.

josé disse...

E tudo o que se passou no processo Marquês, com conferências de imprensa ignóbeis, não incomodaram o agora responsável pela ética e deontologia dos advogados?

E o que sucedeu ao Araújo&Delille? Nada. Encheram os bolsos.

Vilar de Mouros, 1971