quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Este artigo é de um deputado do PS...

No Observador de hoje aparece esta aberração escrita no Facebook, por um deputado do PS chamado Tiago Barbosa Ribeiro que deve ter um curso tirado nas Novas Oportunidades do tempo do Inenarrável.  Não se compreende como um analfabeto deste calibre está na Assembleia da República.




46 comentários:

Floribundus disse...

com este palavreado ainda chega a pm
antónio das mortes que se cuide

hospital aberto
aos cuidados intensivos de D. Legionella

todos muito abertos

Unknown disse...


Obrigado, José, por trazer este post para apreciação dos seguidores do porta da loja. O seu autor apreendeu o alcance da Revolução de Outubro e a sua força material
imparável. O ideal nela contido passa de geração em geração porque corresponde a uma inevitabilidade histórica.
Na altura em que escrevo vejo que aquele post mereceu 149 "gostos" contra 12 discordâncias. É o sentido da história a falar...

João Pedro

carlos disse...

O rapazinho até tem razão, quando diz que "a revolução é um património das esquerdas". Um belo património. Milhões de mortos e desgraça em todos os continentes. Até a II Grande Guerra começou com uma invasão da Polónia combinada entre Hitler e Estaline. Um sucesso a comemorar.

Kaiser Soze disse...

"Na altura em que escrevo vejo que aquele post mereceu 149 "gostos" contra 12 discordâncias. É o sentido da história a falar..."

Bem, isto é só estúpido.

josé disse...

Este imbecil é do PS cujo líder Mário Soares disse publicamente que o comunismo foi o maior embuste do Sec. XX!

josé disse...

"Que nos deixou o comunismo como legado social e económico, tecnológico e científico? Uma enorme ficção daquele que poderia ser, com os seus colossais recursos, um dos mais ricos países na Terra e que acabou por só ser poderoso militarmente, mas incapaz de progredir economicamente e de permitir a prosperidade dos seus cidadãos, impotente para o desenvolvimento tecnológico e científico, áreas em que esteve sempre atrás dos países ocidentais e com atrasos crescentes até ao desmoronamento final.

É um dos mais seguros sinais do atraso de Portugal: a persistência do Partido Comunista, das suas ideias e do seu programa. Os principais partidos comunistas do mundo democrático desapareceram por entre fumarolas! Parece que apenas dois Estados têm qualquer coisa de parecido com o comunismo soviético: Cuba e Coreia do Norte! Que bela companhia para os comunistas portugueses!"

António Barreto em Fevereiro de 2017 no DN

Unknown disse...


O maior embuste da história contemporânea portuguesa chama-se Mário Soares. Compare-se o funeral dele com o de Álvaro Cunhal e logo se verá quem o povo reconheceu como figura maior ! Surpreende até que neste espaço se convoque positivamente. Não estava habituado a isso.
Lembro que a par do concurso sobre o maior português de sempre havia outro que inquiria sobre o pior português de sempre os votantes indicaram para o lugar Mário Soares. No outro concurso, o principal, colocou Álvaro Cunhal em 2º tendo a fronda anticomunista conduzido o fassista Salazar ao 1.º lugar. Compare-se também os funerais de um e outro. Finalmente e porque o José também é católico e porque se tem nestes últimos tempos falado muito sobre a Bíblia lembrava que a multidão quando convocada a libertar Barrabás, o ladrão, e Jesus, o Salvador, a multidão não escolheu Jesus. Tire-se daqui os devidos efeitos. Acrescento entretanto um post scriptum: PARA OS COMUNISTAS O MUNDO NÃO SE DIVIDE ENTRE CRENTES E NÃO CRENTES, MAS ENTRE EXPLORADORES E EXPLORADOS. Muitos católicos militam nas nossas fileiras e até tivemos um padre candidato à suprema magistratura da nação. Poderia dizer à P.R. mas isso impedia-me de referir a magistratura.

Cumprimentos.

João Pedro.

joserui disse...

Se é património das esquerdas — que foi até onde cheguei na palinódia —, fico absolutamente tranquilo.

André Miguel disse...

Ele só está no PS porque é mais fácil enriquecer que no PCP ou BE.

zazie disse...

Este palerma andava na blogo e passou do BE para neotonto e deneotonto para socialista.

Foi aquele que chegou a dizer que as pessoas podiam pagar aluguer de avatar no blogue dele

ehehehehe

zazie disse...

aqui

josé disse...

É apenas mais um doido que arranjou lugar na política. O PS está pejado deles. O Inenarrável é apenas um exemplo. Doidos mesmo.

Jorge Marques de Tocqueville disse...

Gosto particularmente do paralelo com a Revolução Francesa.Essa teve um interregno de terror durante dois anos e os efeitos da Liberdade, Igualdade e Fraternidade (ou Morte, durou os tais dois anos)perduram ainda hoje. A revolução de Outubro foi um terror de décadas que suprimiu qualquer pretensão de liberdade e onde apenas prevaleceu o "ou Morte", felizmente teve os seus putativos benéficos efeitos terminados no mesmo século. Curiosamente um paralelo com uma revolução burguesa...

Já o uso do termo anacronismo denota falta de compreensão do mesmo. Enfim, a falta de capacidade de compreensão ajuda muito a louvar o período mais negro da história moderna, bem pior que as Grandes Guerras.

Unknown disse...



Terrorismo é o que fazem os Srs. de Tocquevile e seus epígonos. Não toquem na grandiosa Revolução de Outubro ! Mas aceitemos, academicamente, que a Revolução produziu aqueles horrores que dizem...Então é de perguntar, deve o cristianismo ser julgado pelo terrorismo de séculos levado a cabo pela Santa Inquisição ? Deve o cristianismo ser julgado pelos negócios do Vaticano no plano financeiro, do armamento, da pornografia, etc. Deve o cristianismo ser julgado pela pedofilia de tantos dos seus membros, incluindo cardeais? Deve o cristianismo ser julgado pela morte de João Paulo I ?
Estão convidados os Srs. de Tocquevile a pronunciarem-se...

João Pedro

Jorge Marques de Tocqueville disse...

@Unknown

A única coisa que se percebe do seu desafio é que me faz cristão ou apologista do cristianismo por ser inequívoco no repúdio das benfeitorias de regimes de terror supremacistas e estupidificantes. Mais uma vez um exemplo de salto lógico que explica o grau encarniçamento cego de quem tenta branquear regimes massacradores de milhões pela perseguição uniformizadora e pela carestia.

Se ter uma opinião contundente é ser terrorista, no seu modo de ver, o que será o terrorismo que mata e que faz a apologia da supressão de liberdades ou da mortandade?

Tristes almas às quais o vinagre tomou o lugar do sangue da vida.

Unknown disse...


Os Srs. de Tocqueville ignoram que os anticomunistas como eles lançaram o terrorismo incendiário e bombista sobre as sedes do PCP e de outras entidades (p.ex.Embaixada de Cuba) destruindo património e assassinando pessoas nos idos de 1975 e seguintes ?
Falem agora ou calem-se para sempre...

João Pedro

Jorge Marques de Tocqueville disse...

@Unknown
Agradeço o seu repto na medida em que define bem os valores que perfilha: ordena, e se não cumpro que me cale para sempre(?!).

Acontece que ir à trela da sua gradual lateralização do tema em discussão, e mote do post, era conceder-lhe uma inteligência que não lhe suspeito.

Sobre alarvidades que profere como o da "hipótese académica" essas apenas se justificam à luz de quem desconhece a doutrina. Lenine assumiu o terror generalizado e massivo como arma necessária. Trotky, que também o defendia, escreveu entre outros "Defesa do Terrorismo". Académico que baste?
Abstenho-me de referir a obra de Estaline, não costumo bater em ébrios.

Devia ter vergonha de vir para aqui contrariar o factual com arrazoados patéticos e que nunca contraditam o argumento limitando-se a vituperar e desviar assunto.
Tem o topete de falar de outros "casos" como se isso mascarasse a indisfarçável herança de egóticos que arrastaram meia Europa durante mais de meio século para um quotidiano estupidificante, intimidante e despótico.

Conclui-se: ou é ignorante ou desonesto.

Passe bem.

josé disse...

Este João Pedro não deve ser levado a sério. É novo e não pensa. Se for velho, não toma andadura.

Jorge Marques de Tocqueville disse...

@josé
São esses mesmos, os que não são levados a sério, que seguem impantes a cada débito de cegueira ou, sabe-se lá, de ódio militante. São essas chusmas que glorificam os referidos egóticos despudorados alcandorados no poder. Não passarão :)

josé disse...

Não contam. São deixados por conta de uma utopia que fossilizou. Só dou atenção a esta velharia de ideias obnóxias porque ainda estrebucham e em Portugal têm audiência.

josé disse...

E ainda por cima consideram-se o futuro inadiável e inevitável. Cómicos!

Unknown disse...


E,entretanto, os restos do salazarismo aí estão, peçonhentos, retrógrados, querendo manter o status quo para manterem as prebendas, sinecuras, mordomias e outros privilégios que o sistema lhes confere.
Entendi. Tem pai que é cego...Olhem que pode o povo querer um mundo novo a sério. É tempo de, voluntariamente, deixarem o vosso Palácio de Inverno e virem ajudar no trabalho do campo.
Oh Sr. de Tocquevile (um nome aristocrático) não será V.Exª um magistrado jubilado ? Não é que isso seja relevante para o debate, mas satisfaça a minha curiosidade, pelo que lhe ficaria muito grato.

João Pedro

J. R. disse...

esta coisa, é uma animalia, só merece esse comentário, pois é sabido e conhecido que a besta do stalin matou, ou mandou matar, mais gente que o hitler, mas ainda à quem acredite nos contos de fada

Adelino Ferreira disse...

Os que o estáslindo matou já foi há tanto tempo que já ninguém se lembra. Já as mortes que o capitalismo trauliteiro matou e continua a matar e a condenar à miséria e à ignorância invencível são biliões de homens,mulheres e crianças. O escocês, coitado, pensou ter descoberto os amanhãs a cantar.
No país do papagaio loiro há TRINTA MILHÕES DE POBRES e grande tecnologia.
Pelos vistos só 2 pequenos países seguem o ideário dos barbudos e bigodes; tudo o que resta na "bola" é capitalista. Os resultados estão bem à vista...

Manuel Pereira da Rosa disse...

A caverna está dividida em duas galerias. O José vê as sombras projectadas na galeria da direita, branqueia-as e só vê escuridão na galeria da esquerda. Outros fazem o contrário. Platão disse que estamos fora da realidade dentro duma caverna onde essa realidade é projectada. O Cardeal Ratzinger disse que quando chega até nós a realidade se encontra filtrada por uma infinidade regras, valores, preconceitos e outros constrangimentos. Para Nietzsche vivemos no mundo das interpretações. Muitos ignorantes confundem a realidade com a sua interpretação. Criticar uma revolução com base em valores morais é um acto intelectualmente pobrezinho. A responsabilidade das revoluções cabe por inteiro aos detentores do poder anterior que tinham o dever de serem justos. Ou não quiseram ou não souberam sê-lo. Após a tomada do novo poder, o início será sempre anárquico e tirânico até à consolidação do novo poder com nova estrutura jurídica. A crueldade é comum a todas, sem excepção.
Por que a direita portuguesa está sempre a branquear os EUA, patrocinadores das chacinas da UPA no Norte de Angola?

josé disse...

Se relativizarmos tudo também aceitaremos os khmers e a cremação de judeus e outras raças, certo?

No final de contas é tudo sombras...

Enfim, que precisa mais que lhe diga? Que o comunismo não foi uma revolução contra opressões mas apenas para tomar o poder em favor de uns tantos que fizeram dele o uso que se sabe?

Há alguma comparação possível entre a selvajaria dos gulags e a morte pela fome no que se costuma designar por holodomor e o que sucedeu no Ocidente, seja em que lado for, com excepção da Alemanha nazi?

Haja senso!

josé disse...

"Em Cuba um médico ganha o equivalente a 3 dólares por mês; uma prostituta, 50 dólares numa noite"- revista Esquire de Maio 1995.

zazie disse...

Estes imbecis são demagogos.
Então se a revolução não tem moral, a que título a crueldade que aparece depois do poder se consolidar passa a ser moral e a culpa é dos anteriores que não fizeram revolução alguma?

Outro hábito dos imbecis é comprararem as chacinas em nome de uma ideologia com as pessoas que morrem na estrada.

Habitualmente substituem a palavra estrada por "regimes capitalistas". Como se o capitalismo fosse alguma ideologia imposta pelo Poder político e não uma técnica e prática de trocas comerciais feita por toda a gente.

Na prática o que estes idiotas dizem é que em impedindo as trocas livres monetárias já não morre tanta gente na estrada e as mortes provocadas pela ideologia são apenas naturais e provenientes da revolta.

Nem se percebe então para que é que se revoltam. Se é sempre para imporem uma normalidade igual ao status quo de todo o Poder, só com um pouco mais de ditadura, terror, perseguições, censura e totalitarismo.

Unknown disse...


Diz bem Adelino Ferreira: Os CONCRETOS biliões de mortos e vítimas do Capitalismo/Imperialismo e os VIRTUAIS e mortos do comunismo. Os Khmers vermelhos nada têm a ver com o comunismo mas antes com o imperialismo. Tal como os jhiadistas do DAESH são instrumentalizados pelo imperialismo na sua estratégia planetária de dividir para reinar. Recordo que Pol Pot manteve a representação do regime nas Nações Unidas por pressão americana e que foram os COMUNISTAS do Vietname que os derrotaram impedindo a continuação dessa clique sanguinária sob a conivência do imperialismo.

O capitalismo alemão na sua deriva imperialista desencadeou a 1ª Guerra Mundial : 20 milhões de mortos e Milhões de feridos e outras vítimas, bem como destruições de todo o tipo.
O capitalismo alemão na sua deriva imperialista desencadeou A 2ª gUERRA mundial: 60 MILHÕES DE MORTOS E MILHÕES e milhões De feridos e outras vítimas. Países destruídos.
Por essa altura o imperialismo americano usou a bomba atómica sobre populações civis.
O capitalismo/imperialismo derrubou Mossadegh, no Irão, quantas vítimas ?
O capitalismo/imperialismo derrubou Jacob Arbenz, na Guatemala, quantas vítimas ?
O capitalismo/imperialismo atacou a Coreia do Norte - que fica a 10.000 Km ou mais dos Estados Unidos - resultado 4 milhões de mortos. Aqui só falo de mortos. E também de guerra química.
O capitalismo/imperialismo atacou o Vietname do Norte: 2,5 milhões de mortos. E muito Napalm e agente laranja, entre outos.
O imperialismo foi cúmplice das ditaduras torcionárias com Geisel, Strossner, Videla, Bokassa, etc. O imperialismo assassinou Allende e Lumumba. O imperialismo tentou assassinar mais de 500 vezes o Comandante Fidel Castro. Mantém um cerco abominável à ilha heroica condenado pela comunidade internacional. Médicos há muitos; as prostitutas são poucas. Talvez por isso aqueles ganhem pouco e as prostitutas muito mais. Deve ser a lei do mercado. Há muitos mais exemplos para citar, mas isso é extenuante para mim e cansativo para os que me lerem. Mas se me irritarem levam com mais umas dezenas de casos. Portanto, tenham juízo os meus contraditores.

João Pedro
O capitalismo

zazie disse...

José:

Limpe-me esta porcaria, sff.

Este imbecil fazia ninho no Blasfémias e agora vem para aqui.

Eles que fundem o tal facebook do povo socialista da cubata e desorelhem.

zazie disse...

O socialismo do quarto-das-prendas.

É disso que gostam.

josé disse...

Vou fazer melhor: desligar a leitura. Não leio a partir de agora.

zazie disse...

Mas há sempre quem lhes dê trela e depois chateia.

Não se aguenta. É mais imbecil que ter macacos do Jardim Zoológico a debitarem comunismo.

Este mongo deve ser do MRPP

josé disse...

Quem quiser que se entretenha em dar troco a inanidades.

Unknown disse...


Zazie: Nunca tive participação no Blasfémias, já que isso é um departamento da extrema direita. Sou do PCP, comunista, portanto. O MRPP é uma criação da CIA.
Não tenho tempo, de moimento, para lhe dar mais troco. Talvez daqui a uma hora...Vou ao café.
De qualquer forma g neste espaço. Mas quem não tem cão caça com o gato.ostava de a conhecer. Deve ser mais interessante no debato ao vivo do que aqui

João Pedro (o mongo)

Adelino Ferreira disse...

zazi,tu sabes ler, mas o ódio de que estás possuída não te permite interpretar o comentário do Manuel Pereira da Rosa no que às revoluções diz respeito. És um caso perdido. Imploras ao josé para apagar os comentários de que não gostas,mesmos que não sejam meras opiniões,mas factos indesmentíveis.

●estando em termos políticos distante do josé, honra lhe seja feita,nunca cedeu ao pedido da zazie para censurar comentários.
O josé já deu provas que não gostava da censura

Unknown disse...


Cumprindo o prometido, aqui estou, emitindo notas diversas.
Supondo que querem mais, então aí vai sobre os biliões de vítimas do capitalismo/imperialismo) As vítimas não são só os mortos. Assim:
1 milhão de comunistas indonésios assassinados em 1965 pelo regime de Shuarto/CIA o qual, com a conivência americana (Ford/Kissinger) assassinou 200.000 timorenses.
Capitalismo/Imperialismo = desemprego, pobreza, exclusão, miséria, doença, analfabetismo, neocolonialismo, GUERRA, etc. Quantos milhões/biliões de vítimas encontramos aqui ? Na América Latina, Cuba e a Venezuela, cercadas pelo imperialismo apresentam os mais elevados índices na Educação e na Saúde, coisa irrelevante para os salazaristas, já que isso lhes está assegurado desde o berço.
Bombardeamento da Yugoslávia e promoção do seu desmembramento. Destruição da infraestrutura da Sérvia. Apoio à criação do Estado-bandido do Kosovo, amputado à Servia e tornado na maior base
americana fora dos EUA. Ao mesmo tempo o imperialismo americano no seu desejo de domínio planetário, incluindo a Europa (!!!)favorecendo o cerco desta através da islamização da Bósnia e do Kosovo. Os jhiadistas de Bin Laden foram deslocados para ali nos idos de 90. O Estado-bandido do Kosovo distingue-se pelo tráfico de drogas, carne branca, órgãos humanos, etc., etc. Por causa disto, a Nato bombardeou a Yugoslávia contando-se, entre eles, aviões de Espanha e Portugal. E a Madrid franquista que esteve ao lado do desmembramento da
Yugoslávia insurge-se agora contra o separatismo/independência da Catalunha. É preciso lata ! Franquistas e salazaristas a mesma luta !
O imperialismo destruiu o Laos, o Afeganistão, o Iraque, a Líbia, o Sudão do Sul. Quantas milhões de vítimas. Quanto retrocesso social ? Quanto retrocesso civilizacional ? Quantos milhões de refugiados ? Quantos milhões de deslocados ? E o Ruanda ? E o Uganda ? e os Estados do Sahel ? E a Palestina mártir ? E... e...
Salazarismo/fascismo: atraso, analfabetismo, etc. Assassínio de comunistas e outros democratas. Exemplos: Bento Gonçalves e outros comunistas, bem como outros democratas no campo de morte lenta no Tarrafal (34, se bem me lembro...). Militão Ribeiro do Secretariado do CC do PCP, Alfredo Dinis, Catarina Eufémia e muitos outros que agora não me ocorrem. Eles que me perdoem. As centenas e centenas de anos nas masmorras fascistas que os comunistas - pelo seu amor aos trabalhadores, ao povo e à Liberdade - foram castigados.
O José que assina o Militante deve saber disto.
Acham que devo prosseguir sobre os crimes e demais misérias do capitalismo/imperialismo ?

Kaiser Soze disse...

"Zazie: Nunca tive participação no Blasfémias, já que isso é um departamento da extrema direita. Sou do PCP, comunista, portanto. O MRPP é uma criação da CIA."

WOW!

joserui disse...

Que é isto? A festa do avante? José, rogo-lhe que corra com mais este lunático e já agora com o outro. Porque não se pode permitir a estes indivíduos da esquerda que já controla 90% da comunicação social, ainda vir para aqui desestabilizar a caixa de comentários, do único blogue onde se lê coisas importantes. É intolerável. E não se aprende nada, com estes analfabrutos radicais.

Unknown disse...


Oh Zé Rui, o José é contra a censura.
Se fosse à Festa do Avante! saía de lá convertido...É isso que teme ?

Com a mais elevada estima e consideração, subscrevo-me, atentamente

João Pedro (o lunático)

Adelino Ferreira disse...

Analfabrutos, diz o info-incluido que não deve ter lido o "Discurso do Método" e confunde a beira da estrada com estrada da beira. A parelha das estrelas da companhia fazem exigências de censura ao CEO do estabelecimento. O par de jarras acha que unindo esforços podem ser mais bem sucedidos. Já não é a primeira nem segunda nem terceira que o fazem. Nunca aqui li ninguém a recorrer ao insulto a não ser a "Padeira de Aljubarrota". Os homens (substantivo colectivo) podem ter opiniões diversas de organização social e política. O que é pouco recomendável e ser possuído pelo ódio e até faz mal à saúde. Hoje numas arrumações cá em casa encontrei um livro por trás de uma arca muita antiga que foi de leitura obrigatória no ensino secundário. Aqui fica um excerto
http://ensina.rtp.pt/artigo/esteiros-de-soeiro-pereira-gomes/


joserui disse...

Ninguém falou em censura. É higiene mínima. Ninguém é contra a higiene mínima, uma conquista civilizacional. Para instalarem os esgotos em Chicago, elevaram a cidade toda com macacos hidráulicos, que custa apagar uns comentários? E não temo nada, nem coisa nenhuma. Já passam recibos na festa do avante? E deixam entrar os lgbt e bi-curiosos ou ainda os espancam à porta?
Ò Adelino, escusas de te colocar em pontas porque o outro lunático não és tu. Mas se quiseres, está bem. Quando aprenderes a colocar os links pode ser que eu continue a não os ir ver. A mediocridade anda a granel neste país. Os burros são aos biliões. É preciso outro 25 de Abril!.

Manuel Pereira da Rosa disse...

«O teu próximo não é o teu vizinho mas sim o vizinho deste. Assim pensam todos os povos».
«Há tanta ignorância na bondade que até chega a ser maldade».
«Desconfio das pessoas que acreditam num sistema. A crença num sistema é uma falta de lealdade para consigo próprio».
«O maior trabalho dos homens foi até agora concordar com uma infinidade de coisas e fazer uma lei desse acordo …, quer essas coisas fossem verdadeiras ou falsas. Foi a disciplina do espírito que preservou a humanidade …, mas os instintos que a combatem são ainda tão poderosos que, em suma, só se pode falar com pouca confiança no futuro da humanidade.» Frederico Nietzsche
Concordo.
Para levantar um objecto pesado sozinho o José ou pode ou não pode. Se não puder e tiver que levantar com outra pessoa ambos terão que obedecer ao comando daquele que emprestar a voz. Se o José quiser mandar no outro sujeita-se a levar com o objecto em cima de um dos pés e ficar a andar de pé coxinho durante uns tempos. Poder dizer não é fácil. Exercer o poder do grupo submetido às suas regras é bem mais difícil.
Estou para encontrar um desses economistas palrantes que saiba o que é um imposto. O Louçã, o Teixeira dos Santos e um tal de Vitor Bento não sabem. O mesmo se passa com os juristas àcerca do direito. Existem acordãos do Tribunal Constitucional onde se proclama que um direito autoriza o Estado a ser delinquente relativamente a outro direito. O discurso do PR de fim de ano está dito para se «aproximar o poder do povo», algo que nem os líderes partidários sabem o que é confundindo com populaça. Inanidades? Uma tirania anárquica onde os mais fracos se encontram à mercê de bandos de arrivistas. Os juristas parecem nem dar por nada. O parlamento andou a lavar dinheiro mediante uma comissão de lavagem de 5%. O José é capaz de dizer se é IRS ou comissão de lavagem e fundamentar?

Manuel Pereira da Rosa disse...

Já agora para os do PCP. O candidato a PR, pelo qual falava o camarada Jerónimo «o Bronco» defendia meter a mão no dinheiro do Povo ( ele só conhece o «nosso povo» que está sob a sua protecção) para salvar os bancos. Olhem que os accionistas do BNU nos anos trinta tiveram 17 anos sem receber um tostão para que a Nação fosse ressarcida com o juro justo. Na Inglaterra todo o dinheirinho voltou à Coroa. É assim que eles dizem, não é? Salazarista/fascista? Com os Rolões e Delgados que os esquerdalhos recuperaram após o 25/04 com condecorações e placas em aaeroporto, o Portugal teria entrado ao lado do EIXO na segunda guerra. O Estado Novo não perseguiu ideologias. Perseguiu conspiradores e os que foram mencionados conspiraram e defendiam a violência contra ele. Para Salazar era legítima defesa. Os do P C Italiano que tinha assento no Parlamento e defendia a luta política no seu seio, para o PCP defendia a democracia burguesa e eram apelidados de traidores. Não é o que o PCP faz agora?

Adelino Ferreira disse...

Não consegues ver o link, vai o dôtor

joserui disse...

Não consigo? Hehehe… este tipo é outro candidato a campeão mundial da anedota. Estou à espera que me ensines ò Adelino. A ver os teus links, para também colocar os meus.

Corrigan, o Agente Secreto X-9