quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Vital Moreira nunca foi esquerdista...

Observador:

Vital Moreira considera que aplicar a contribuição especial de energia ao sector das renováveis — como o PS e o Bloco de Esquerda acordaram, mas que não consta do Orçamento do Estado para 2018 por decisão dos socialistas — seria uma medida de “enorme imprudência política”. No seu blogue Causa Nossa, o constitucionalista e ex-eurodeputado pelo PS acusa o BE de agir por “irresponsável radicalismo anti-negócios”. Mas também deixa críticas ao PS: “Afinal, o esquerdismo pega-se ‘por contacto’!…”

Vital Moreira nunca foi esquerdista e por isso tem toda a autoridade moral para falar de cátedra dos negócios e das empresas privadas, capitalistas.

Esta foto de 1979 é de um tempo em que a esquerda radical era rainha e Vital Moreira, adulto e já professor assistente na faculdade de Direito de Coimbra, co-anotador da CRP publicada em 1976, para a qual contribuiu com um preâmbulo de arromba ( Portugal era um país a caminho da sociedade sem classes) era muito ingénuo e ignorava de todo em todo o que os verdadeiros esquerdistas pretendiam para o país.
Ignorava mesmo o que se passava na União Soviética e países de Leste, porque só dali a dez anos descobriria o logro.
Coitado de Vital Moreira que tarde e a más horas lá percebeu a realidade circundante do pensamento político e geopolítico. Mas, enfim, um enganado deste calibre, descobriu a luz redentora que vinha dos lados do PS e agora é todo da esquerda moderada da social-democracia que execrava nesse tempo.
Há pessoas assim: mudam de camisa como quem muda de ideologia. Ou o contrário, continuando com a mesma credibilidade de sempre porque só os burros nunca mudam, a não ser a duração da zurraria.

Como agora se pode ler, Vital, agora quer uma coisa radicalmente diversa daquela que então queria e vitupera o radicalismo esquerdista que na altura era o pão e vinho sobre a mesa comunista em que se assentava mancomunado com esse radicalismo que entendia como a solução para os problemas do país e defendia com o mesmo denodo com que agora defende...o contrário.

Ao menos outro comensal da mesma confraria, Jerónimo de nome, Sousa de apelido,  continua o afinador de sempre, coerente como só os asnos podem ser e Vital já não é, por opção tardia.

Jerónimo, dantes afinava máquinas, agora afina tácticas e estratégias, coisa semelhante, como se sabe.



Vital é assim o maior desta cantareira! Da sem vergonhice nacional, entenda-se...



18 comentários:

lusitânea disse...

O Vital o que quer é mais um aeroporto numa base aérea e em Leiria.No resto pelos vistos continua do lado bom da história.Queriam prejudicar o Partido Comunista da China?Porra...

zazie disse...

ehehehe

Floribundus disse...

muita gente se mudou após a queda da urss que lenin haja

o sol deixou de brilhar

a mulher é ministra do pançudo

Floribundus disse...

o 'desbaste' do oge mostrou claramente a falta de vergonha e de solidariedade dos 3 da vida airada que apoiam um desgoverno minoritário de raiz social-fascista

começaram a afiar as facas

a dívida aumenta
a dúvida igualmente

futuro muito condicional

aguerreiro disse...

O gajo é mesmo um mamão! Tanto dá que seja a teta direita como a esquerda: Desde que arrote de farto.

fernando disse...

A vida é uma festa: https://zap.aeiou.pt/ex-diretor-do-inem-recebeu-prendas-lalanda-castro-182102

AAA disse...

O sorriso parece dizer: e mais, aquela pensão milionário de ex juiz do tribunal constitucional ninguém ma tira!

joserui disse...

Está bem na vida o vitinho… o 25A tratou bem os seus. Mas não deixa de ter razão numa coisa… o BE é destrutivo. Não há nada de positivo nessa seita.

Unknown disse...

"A man for all seasons"...
Há que fazer pela vidinha e estar sempre "a favor do vento"...

josé disse...

Um oportunista sofisticado...?

Neo disse...

Há-os de todos os matizes.
A Zita diz-se arrependida, mas brilham-lhes os olhos quando fala de Cunhal. A Maria José não consegue apagar o fogo da revolução. A Isabel ainda fala com nostalgia das suas ternurentas bombas. Só o Otelo acabou a clamar pelo Salazar. Mas, este parece mais um caso psiquiátrico do que um caso de política.
Odeiam o capitalismo, é com esta cartilha que se apresentam aos pobrezinhos.
O hoje falecido Belmiro também andou por estas utopias, na UDP, dizem.
Acumulou mais de 1,3 mil milhões de euros.

Pedro disse...

Estão sempre com citações do observador, já agora porque não dizem o mesmo do amontoado de ex-marxistas que enchem a seção de opinião com propaganda de extrema direita ?

Ou o que vos irrita no Vital é ter-se passado para a direita mais moderada do PS em vez de transitar directamente para o extremo oposto como os vossos amigos do Observador ?

Até já aqui vi citações entusiastas da Helena Matos, ex-marxista fanática e agora fanática da extrema direita neoliberal até ao ponto de perder a noção do que diz.

Unknown disse...

"extrema direita neoliberal", gosto do conceito.

Já é quase meio-dia e ainda não tomou a medicação, veja lá isso.

Miguel D

zazie disse...

A Helena Matos nasceu em 1961. Portanto, o fanatismo marxista foi muito precoce.

Pedro disse...

Passou de um fanatismo para o fanatismo oposto.

É quase o fanatismo pelo fanatismo. Aquela cabecinha funciona mesmo assim.

Devia levar a taça a nível de fanática profissional.

Pedro disse...

O conceito do fascismo como extrema direita pode ser usado por costume, mas é factualmente errado.

O fascismo nem sequer é de direita. Nem de esquerda aliás.

A verdadeira extrema direita é a direita conservadora, hoje secundarizada e o neoliberalismo, que pode ser conservador ou não.

Seja como for é a principal força actual que se situa no extremo radical do pensamento direitista.

zazie disse...

Com mais de 60% da população a viver na dependência do Estado, o maldito liberalismo cá só pode ser um perigo.

Ainda assim, os princípios egoístas desse liberalismo, que desconhece o bem comum, estão a ser levados à prática e impostos na lei, pelos bons dos socialistas.

Os tais que odeiam a natural tradição das coisas para deitarem tudo abaixo e imporem pela lei a boa da tradição deles. A LGBT e a do mundo-às-avessas.

Tudo isso só é imposto negando a noção de Bem Comum que acham o máximo para sacar nos impostos.

Depois ainda os há analfas com a treta da noção marxista de mais valia que já foi teoricamente deitada abaixo e mostrado o seu logro.

zazie disse...

Passou aos 13 anos?

Ainda não percebeste que isso é mito baseado no apelido dela?

Corrigan, o Agente Secreto X-9