sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Bon Voyage

RR:

O bispo D. Carlos Azevedo acaba de ser nomeado delegado do Conselho Pontifício para a Cultura.
A decisão do Papa é divulgada a esta hora pelo Vaticano. O bispo auxiliar de Lisboa vai trabalhar na área dos bens culturais da igreja, uma função que deverá iniciar até ao final deste mês.

Espero que o novel delegado divulgue por cá a exposição monumental que a biblioteca do Vaticano está a realizar até ao ano que vem, sobre o seu espólio mais precioso.

Se há algum sítio onde gostaria de ir em férias era precisamente a Roma, ver esta exposição. Já lá estive uma vez e não consigo imaginar outro local com tanta história e referências à cultura ocidental e não só.

A biblioteca e os museus do Vaticano são uma das maiores maravilhas do mundo.

5 comentários:

AL disse...

Este Bispo tem um defeito enorme defeito para o credo que professa: é muito, muito vaidoso.

AAA disse...

E também não tem papas na língua: o que tem a dizer, diz, não poupando nas palavras.
Se calhar já foi por isso que foi substituído na função de porta voz da Conferência Episcopal nos primeiros anos da era sócrates...

zazie disse...

Uma grande honra

Karocha disse...

Também gostava José!

Floribundus disse...

como pedreiro-livre fui admitido como leitor da Bibliteca Vaticana e Arquivo secreto durante vários meses em 2005.
parte das instalações pertenceram aos 'Aposentos Borja'. os frescos do tecto são uma maravilha. o leitor tem acesso directo a cerca de 2 milhões de livros.
esteve fechada durante 3 anos para reforço das fundações.
o Arquivo tem instalações mais modestas apesar de contiguo. o recheio é igualmente fabuloso e de fácil acesso.

as dezenas de bibliotecas que frequentei em vários países são
'mausoleus de livros'