domingo, 1 de novembro de 2020

Mata-Bicho de novo

 Cm de hoje, entrevista ao epidemiologista Manuel Carmo Gomes que me habituei a ouvir e ler com atenção para atenuar o cepticismo que me consome. 

Tenho reparado que tende a atenuar-se o número dos radicais que desvalorizavam a crise sanitária como André Dias porque contra factos os argumentos falecem e a aumentar o número dos cépticos que aceitam a relativização das medidas de controlo através do cocktail, da mistura de soluções de higiene, distanciamento e etiqueta respiratória, tal como sugere o epidemiologista. 

Aqui fica o mata-bicho:





Sem comentários: