segunda-feira, 5 de novembro de 2012

O Portugal autárquico no seu melhor

Fernando Costa, autarca das Caldas da Rainha e Medina Carreira ( vi ontem um jornal dos anos oitenta em que dizia que o sistema fiscal em Portugal estava errado e não tinha sido mexido desde o tempo de Salazar...) falaram agora na TVI24 ( com moderação de Judite de Sousa a quem aprecio o papel de jornalista depois de o ter vituperado há uns tempos) sobre autarquias e despesas e mordomias e coisas assim.
Fernando Costa disse que nunca teve motorista na Câmara e que não há empresas municipais na sua autarquia.

Pois fui ver o correio electrónico e achei esta mensagem sobre o assunto em causa que respiga de um artigo no Expresso desta semana e do D.N. :

"Carlos Teixeira, o socialista que já vai no terceiro mandato na Câmara de Loures, empregou a mulher, a filha, dois cunhados e a nora.

A notícia está hoje no semanário "Expresso", que diz que a quinta maior Câmara do país é gerida como uma empresa familiar. Carlos Teixeira fez em Março a quinta contratação de um membro da família: a namorada do filho foi nomeada adjunta do gabinete da presidência.

"Admito que possa parecer mal mas não me pesa na consciência", diz o autarca ao jornal.


Os familiares referenciados pelo Jornal, são os seguintes:

- Graça Teixeira (mulher)-------------------- Directora Delegada do SMAS

- Joana Calçada (filha)----------------------- Adjunta da Vereadora Sónia Paixão

- Maria Montserrat (namorada do filho)--Adjunta do Presidente da Câmara

- Constantino Teixeira (irmão)-------------- Era assessor de um Vereador, mas saiu para a Valor Sul, empresa participada pela  Câmara  

 - António Baldo (cunhado)-------------------Chefe de gabinete do Presidente

- Paulo Gualdino (cunhado)-------------------Chefe de Gabinete do SMAS

A última nomeada presidencial é a espanhola Maria Montserrat, namorada do filho de Carlos Teixeira, escolhida em Março deste ano como adjunta do gabinete da presidência.

Fantástico! E não será caso único, apesar de o autarca de Loures ter exagerado um bocado, se calhar.  Porém, filhos e filhas, sobrinhos e primos nas câmaras deste país, nomeados em impolutos concursos públicos devem ser, sei lá!- às centenas...
Não será assim? E poderia ser diferente?  Num país pobre, os pobres dos familiares dos autarcas têm que se safar de alguma maneira, não?

9 comentários:

Floribundus disse...

O 'Centrão' suástico parece ser o partido de todas sa 'Máfias'
Desta 'Fermosa Estrevaria'.

Os contribuintes empobrecem em nome do estado social do tó zé,
O gajo que não quer a 'peres-troika' ou 'refundação' do pedro das malas artes.

São todos 'muito abertos', mas em locais diferentes

Josão disse...

"o que parece mal é roubar e não poder carregar; bem haja quem tem habilidade; viver não custa, custa é saber viver".
vamos longe, vamos ... com esta estirpe.
Se for crime (não faço ideia - tantos são os casos falados) haverá norma a dispensar ou atenuar a pena, isso será certo.

josé disse...

Crime? É tudo dentro da maior legalidade.

A ética não conta porque como dizia um PS ( Alberto Martins) a ética republicana é a lei.

Logo...

miguel disse...

São mais os casos não falados.
Parece que as pessoas nem ligam a isso.
As Câmaras Municipais albergam os referidos e uma multidão de outros encunhados.Familiares de presidentes de Junta,de vereadores,etc.
Os partidos são agências de emprego.

Streetwarrior disse...

Vergonhoso é no mínimo!
Essa da ética Republicana ser a LEI, diz tudo de uma meia dúzia de apaniguados que a única preocupação ao invés da causa publica, é a de criar Legislação para dela viver e explorar ao máximo e se conseguirem derrubar o PSD, darão a machadada final no que restar, sempre sempre tudo dentro da tal ética Republicana..da pouca vergonha.

Mas a meu ver, não é só Carlos Teixeira o responsável.
Com maior responsabilidade será (presumo eu que deva de existir )o órgão fiscalizador que deveria avaliar as condições de contratações para organismos públicos deixar passar incólume esta palhaçada.
...e o que dizer também dos habitantes de Loures que em reuniões da Câmara ou Autarquia não envergonham estes "chico-Espertos da famelga Teixeirinha "?
Veem Para a Rua e fazem ajuntamentos por tantas coisas e por isto não vale a pena?
Onde está a CGTP para denunciar estas "Miseras" condições de trabalho?

Não são eles os únicos culpados destas poucas vergonhas, os habitantes com o seu silêncio, também permitem que a situação se mantenha...embora na legalidade.

Josão disse...

Artigo 9.º
Procedimento concursal
1 - Deliberado pelo órgão executivo respectivo, nos termos do n.º 2 do artigo 6.º da Lei n.º 12-
A/2008, de 27 de Fevereiro, e para efeitos da alínea a) do n.º 2 do artigo 5.º do presente decretolei, promover o recrutamento de trabalhadores necessários à ocupação de todos ou de alguns
postos de trabalho previstos, e não ocupados, nos mapas de pessoal aprovados, é publicitado o
respectivo procedimento concursal através de publicação na 2.ª série do Diário da República.
2 - O procedimento concursal referido no número anterior observa as injunções decorrentes do
disposto no artigo 6.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, e do artigo 4.º do presente
decreto-lei.
3 - Da publicitação do procedimento concursal consta, com clareza, a referência ao número de
postos de trabalho a ocupar e a sua caracterização em função da atribuição, competência ou
actividade a cumprir ou a executar, carreira, categoria, e, quando imprescindível, área de
formação académica ou profissional que lhes correspondam.
4 - Para os efeitos do disposto no número anterior, a publicitação do procedimento faz referência:
a) À área de formação académica quando, nos casos da alínea c) do n.º 1 do artigo 44.º da
Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, exista mais do que uma no mesmo nível habilitacional;
b) À área de formação profissional quando, nos casos das alíneas a) e b) do n.º 1 do artigo
44.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, a integração na carreira não dependa, ou não
dependa exclusivamente, de habilitações literárias.

Josão disse...


Relatório do GRECO 2011, publicado em 23.03.2012 (pág. 18) Procurar na pág. do Conselho da Europa
...
Une autre forme de corruption est le népotisme. La pratique consistant à faire bénéficier
de faveurs des parents ou des amis, indépendamment de leurs qualifications ou de leur
mérite, demeure un phénomène répandu. Celui-ci est source de stagnation sociale et
suscite un sentiment généralisé d’injustice dans la population. Les jeunes à la recherche
d’un emploi, en particulier ceux qui disposent de bonnes qualifications, sont
particulièrement affectés. Cela peut les inciter à partir à la recherche d’opportunités à
l’étranger, affaiblissant ainsi les capacités de leur pays au rétablissement et à la
croissance économiques.

Para Inglês ver, en français

Josão disse...

Ah!, não há normas penais. Bem me parecia. A corrupção, ela mesma, também foi corrompida.

Adieu!

Pável Rodrigues disse...

E para cumulo do descaramento, o PS faz avançar como candidato à Câmara para 2013, o Sr. João Nunes, presidente da Freguesia de Loures, sendo .... "Carlos Teixeira , actual presidente da câmara municipal o mandatário da candidatura"!!!(http://www.noticiasgrandelisboa.com/2012/01/11/joao-nunes-e-o-candidato-do-ps-a-camara-municipal-de-loures/)

Pois é meus amigos. Mesmo já não havendo nem fundo de tacho para rapar, o polvo socialista continua insaciável!