sábado, 31 de dezembro de 2011

Figura do ano de 2011

Esta:

Porquê? Vasco Pulido Valente, no Público de hoje:

"O que admira neste homem é ele ter chegado a chefe de um grande partido e a primeiro-ministro. Tudo o resto se explica: a ignorância, a irresponsabilidade, o autoritarismo e a noção de que a política era uma forma de teatro. Mesmo assim, ganhou a confiança de gente que devia saber mais e os portugueses só correram com ele no último momento. "

VPV pergunta-se acerca do "porquê" deste Inenarrável ter sido primeiro-ministro com o apoio de tanta gente que "devia saber mais".
Parece simples a explicação:
A ignorância e apoio constante da generalidade dos media, com ênfase particular para as tv´s ( a guerra à TVI de Moura Guedes é a melhor prova do facto) que agora continuam a recusar o julgamento relevante de tal figura pública, inclusivé nos tribunais, porque sempre o protegeram, por razões que a razão não conhece mas a ideologia sim; o esforço e empenho permanentes de certas figuras de bloco central, sempre entrevistadas em todos os media em alturas fulcrais ( dos Proenças maquiavélicos aos Almeidas da nossa política, passando pelos Machetes de todos os governos e Freitas de toda a espécie e pelos Soares do encanto mediático) transversais aos dois maiores partidos e que dominam efectivamente o discurso mediático e político. São esses o esteio do regime, os Sombras de sempre que nos afundaram enquanto enriqueceram e vicejaram nele. Com eles vicejaram também milhares de apaniguados e correlegionários, interessados, todos eles, em manter o status quo e por isso mesmo em proteger o feudo que conquistaram servindo-se da democracia. Exemplo? Um tal Rui Pedro Soares, serve perfeitamente. Outro, para equilibrar? Dias Loureiro, se quiserem. Mas para desempatar, temos um fantástico Armando Vara.

A razão profunda, inexorável e explicativa de tudo isso reside nesta frase de um frei tomás que agora anda muito na berra, e que demonstra os axiomas apresentados:

A entrevista é de 2007 e uma das primeiras perguntas é "por onde tem andado nestes últimos tempos"? A pergunta tinha razão de ser porque Soares andou completamente afastado da ribalta, durante os anos de chumbo do processo Casa Pia. Não adianta sequer fazer de conta que não foi por isso, porque foi. A razão sabê-la-á o próprio, sendo certo que em entrevista recente disse que não tem zonas escuras na vida. Esperemos que não e que a amizade com Carlucci tenha sido apenas um episódio.

20 comentários:

hajapachorra disse...

A amizade com Carlucci? um episódio de zona escura? Não quer trocar por miúdos?

ZéBonéOaparvalhado disse...

Não admira que o Sócrates - seja a pessoa mais badalada do País, mesmo à frente do CR7 - falamos, de um líder, do melhor que o País teve desde o 25 de Abril.

É um homem de Estado, não tenho dúvidas - só assim se compreende que se fale hà 6 anos, sempre dos mesmo temas.

Tem que ser bom...se fosse mau não passavam bilhete, julgo.

A entrada dos Chineses em Portugal, julgam que foi obra deste Governo? - a direita desdenhou - quando Socrates foi recebido pelo Presidente Chinês - deu-lhes o troco

Este governo está cansado, segundo diz a Presidente da AR. - porquê? a origem talvez seja do famoso pote de mel com 800 boys da universidade de verão - realmente cansa.

Ao fim de 6 meses, já hà uma demissão no Governo - espero que não fique por aqui. - este governo é francamente paupérrimo.

São vendedores da banha da cobra, tão só

Bom Ano 2012

Gallagher disse...

No meu tempo de Liceu fazia-se, na disciplina de matemática, uma coisa a que se chamava "demonstração por redução ao absurdo".
Será que ainda se chama assim?
(Não sei porquê, tive esta dúvida enquanto lia o comentário anterior).

josé disse...

É exactamente isso: espero que não haja miúdos. Acredito que não, mas...há uma questão em aberto que espero algum dia seja devidamente esclarecida.

JC disse...

Aparvalhado:
Fazes jus ao nome, pá!
Fala-se de Hitler há 60 anos e de Estaline há outro tanto também por serem bons?
Tem mas é juízo na carola.

Demissão no Governo?
Quem se demitiu foi uma directora geral que vinha do tempo do inenarrável.

Homem de Estado, diz ele...
Ah ah ah.
Andas com o calendário trocado.
Estamos na época natalícia, não no carnaval

josé disse...

Aparvalhado:

O Inenarrável pode muito bem ter sido um dos melhores líderes...de um bando de delinquentes que passou pelo governo nos últimos anos em Portugal. Coneguiram assaltar os cofres do Estado, sacaram o que quiseram e ainda passam por benfeitores da pátria.

Um crime perfeito? Se assim for, como parece, então dou-lhe razão: o Inenarrável é um dos melhores líderes que jamais tivemos. Quase, quase do nível de um Vale e Azevedo.

Floribundus disse...

o soba do Campo Grande é produto 'made in carlucci'

na Casa Pia nunca se pensou no processo das menores que andavam na prostituição em frente dos Jerónimos e iam a festas 'cor de rosa'.

Macau, etc nunca existiram

pinóquio é um sub-produto do 'suarismo da ratice'

ZéBonéOaparvalhado disse...

Numa semana, não muito distante, o actual governo, descobriu uma folga de 2 mil milhões de euros - na semana seguinte, o mesmo governo, tinha uma folga de 3 mil euros.

Os cofres estavam vazios no dizer do actual desgoverno.

>>>>>>E o ladrão sou eu, parafraseando o Socolari.

ZéBonéOaparvalhado disse...

queria dizer: -tinha uma folga de 3 mil milhões euros.

ZéBonéOaparvalhado disse...

http://img.photobucket.com/albums/v85/jumento/022/gozo.jpg

Consegue ver esta foto?

Boas entradas para 2012

lusitânea disse...

A maior "obra" do Sócrates foi a nossa africanização(colonização).Sob a batuta do Costa da descolonização que perguntou "às associações" o que é que queriam.Quiseram o contrário de uns anos antes em que a "vítima" foi o retornado com a mala de cartão...
Seguiu-se o maravilhoso PER, o RSI, o combate do SIDA e da tuberculose.Tudo com dinheiro emprestado pois claro porque no horizonte havia a escassez de mão de obra...segundo um famoso Magalhães também ele ex-comunista e homem das web´s.2...
Agora pagam e não é pouco para o pessoal nos animar.E com constantes avisos de que é preciso combater as diferenças e desigualdades.Nem com mais dois "dízimos" lá chegam porque a bola de neve(preta) não deixa de descer a encosta...
Estadistas destes de facto só de 2000 em 2000 anos!

lusitânea disse...

Quanto ao "julgamento" que querem que seja só nas "eleições" os que estão que tomem cuidado porque no meu tempo havia um ditado que dizia "tanto ladrão é o que vai à vinha como o que fica no quintal..."
O tempo de apuramento de responsabilidades aproxima-se.Então se a Europa se romper...é logo de seguida...
Os do tudo e do seu contrário que se cuidem...que as tropas já andam pelos cabelos...

Floribundus disse...

o ano acaba aparvalhado.

a parvoíce não tem cura
é pior que a miséria

admiro a sua paciência

saiu-me este rectângulo na rifa

bom ano para si e para toda a gente decente

Wegie disse...

Ó Zé do Boné:

Escusavas de te expor ao ridículo dessa forma. Fazes lembrar as criaturas da Coreia a chorar a morte do querido lider...

Monchique disse...

Se bem entendi Soares também gostava dos pastelinhos de belém?

josé disse...

Monchique:

Nao escrevi tal coisa nem sequer insinuei.

O que escrevi tem a ver com boatos acerca de Carlucci e que Soares nao poderia ignorar.

Só isso.

hajapachorra disse...

É um prodígio aquela criatura. Reparai bem na fronha do dito cujo e admirai esse portento, juntar dois orifícios num só!

Carlos disse...

Ao Oparvalhado,

Em linguagem vareira:

"vai lavar o cú ao mar, home!"

Carlos disse...

Ainda para o Oaparvalhado,

Um 2012 sempre a bulir (tal como a sardinha d'Espinho viva!)

Anónimo disse...

A frase que tem passado na TV em que José Sócrates disse "como puderam fazer isto ao país?" numa conferência após uma reunião na UE, com cara de ofendido cujo trabalho tinha sido estragado por terceiros, é um bom exemplo da manhosidade e da monstruosidade do problema atrás dos olhos e do problema que nos deixou. Os Portugueses vão pagar muitos anos no IRS os sonhos deste incompetente que nega o estado em que deixou a nação.

O verdadeiro super-juiz