sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A harpa do descrente

Sapo:

O escritor e jornalista britânico Christopher Hitchens, autor do célebre livro 'Deus não é grande', morreu ontem à noite em Houston, nos EUA, vítima de um cancro no esófago.

Deus já o deve ter perdoado...

9 comentários:

Unknown disse...

pergunta para um crente (que parece ser o autor deste blog): acredita na existência de uma vida após a morte? acredita que o tipo de vida que levamos na terra influencia o tipo de vida que iremos ter depois da morte? a crença (ou não) em deus, durante a vida, influencia o tipo de vida após a morte? se sim a esta ultima questão, será que é possível existir um deus que beneficie quem nele não acreditou durante a vida, desta maneira recompensando o uso da razão, do cepticismo e castigando a fé cega em dogmas e um desproporcional sentido de auto-importância do ser humano no universo? ou pelo contrário, existe um deus que recompensa a crença não suportada por provas e guiada pelo sentimento de fé? assumindo que existe uma vida após a morte, qual destes últimos dois cenários é mais provável?

joserui disse...

Já o perdoou de certeza... -- JRF

Wegie disse...

«“E hás-de excisar a pele da pichota”, disse o Senhor, falando com Abraão, “e será ela o símbolo do nosso acordo.” “Cortar a pichota? Hum. E se selássemos isto com um aperto de mão, à homem?”, terá certamente perguntado Abraão, embora o cronista bíblico o não refira. Deus não transigiu. Quando o Senhor do Universo deseja pichota, obtém pichota. Curioso é que poetas de vário tempo e lugar têm levado a cabo paneleiríssimas choradeiras pelo destino de Fausto, mas nenhum lamentou alguma vez a sorte de Abraão. Aquele fez um pacto com o Diabo e perdeu a alma; este negociou com Deus e viu-se despojado de parte da pichota. O Diabo quer a alma; Deus quer a picha. […]»

In O Meu Pipi "Sermões"

josé disse...

Blasfemos, esses do Pipi. Palermas, também. Que Deus lhes perdoe...

josé disse...

Unknown:

O que acredito bem no Credo da Igreja Católica. Escuso de transcrever porque é muito conhecido.

E acredito em mais algumas coisas que já em tempos escrevi aqui.

Fé por fé, prefiro a minha. Quem não tem Fé, acredita em tudo.

josé disse...

Já agora, vem. Salvo seja...

AAA disse...

Unknown:
Qualquer desses cenários aponta para um Deus sinistro e castigador. Ora Deus não é nada disso: chegada a hora diz-te com toda a ternura do mundo: «desde sempre esperei por este momento! Queres vir tomar parte comigo?»
Complicamos DEus tanto e Ele é tão simples que até custa a crer... É a simplicidade de que o amor total é capaz de ser.

Karocha disse...

Deu um documentário senão me falha a memória, no NG.

Quanto à primeira pergunta sim acredito.

Sou melhor que o Cavaco, já morri 3s vezes e, já estive no túnel!

Lura do Grilo disse...

Poderá ter sido perdoado se se arrependeu antes da morte. Gramsci arrependeu-se tal como o bom ladrão. Deus é generoso nas oportunidades que oferece mas de certo espera cobrar pelo menos o denário que entregou.

Finito, Fernando Esteves