quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Não pagamos! Não pagamos!


Este deputado(!!!) do PS ( salvo o o erro por Aveiro) no outro dia, numa estação de rádio local em Castelo de Paiva, fez umas declarações bizarras e em consonância com as do refugiado nas Sciences Po de Paris.

Estou-me marimbando para os bancos alemães que nos emprestaram dinheiro nas condições em que nos emprestaram. Estou-me marimbando que nos chamem irresponsáveis. Nós temos uma bomba atómica que podemos usar na cara dos alemães e dos franceses. Ou os senhores se põem finos ou nós não pagamos a dívida” e se o fizermos “as pernas dos banqueiros alemães até tremem”.

Este tipo de indivíduos que saem de umas tocas partidárias não se sabe bem como nem porquê assentam arraiais na Assembleia da República como se o lugar lhes pertencesse por direito próprio e em representação do seu excelso pensamento idiossincrático. E depois produzem estas atoardas, sem consequências.

Parece que ainda é deputado...

PS. Parece que Manuel Alegre acha que este deputado é do melhor que o PS tem. E é capaz de ter razão.

12 comentários:

zazie disse...

São retardados mentais que começam nas associações estudantis e acabam no Parlamento.

Floribundus disse...

este tipo invulgar de pensador ainda vai ser candidato a pm ou pr.

Anónimo disse...

O homem esteve no parlamento a tentar apagar tudo o que disse. A emenda aberrante, que lhe traçou o retrato de carácter, é muito pior que o soneto, mas não há dúvidas de que o PS está com ele de corpo e alma. Para rematar o dia, "grande quadro do PS" é o que dele disse Manuel Alegre. É destes que o PS precisa, diz ele. Já Miguel Beleza deu-lhes um banho de ridículo e incompetência.

lusitânea disse...

O gajo diz "não pagamos" como dirá certamente que toda a África ainda vai ser portuguesa, agora só cá dentro e por nossa conta.É tudo a brincar...

Wegie disse...

O desgraçado nem sabe que a maioria da dívida externa está colocada em Espanha e não na Alemanha. Aí já poderia afirmar que pregar o calote aos espanhois é um dever patriótico. Já o D.Afonso Henriques (aqui os vareiros chamam-lhe Afurriques...)o sabia.

zazie disse...

Afurriques?

ahahahahahah

Carlos disse...

Este rapaz, de S. João da Madeira, trilha o percurso de A.J. Seguro, ex-líder da JS, e agora, líder da distrital de Aveiro do PS.

Carlos disse...

Disse Zorrinho: "usou imagética excessiva"...deixem-me rir!

A propósito: o que é Zorrinho, é um Zorro pequenino que em vez de espada usa canivete?

joserui disse...

O indigente Alegre desta acertou... foi modesto no entanto: isto é do melhorzinho que a esquerda tem... do melhorzinho... -- JRF

Luis disse...

A imagética parece ser a "ciência" estudada nas jornadas ou bancadas do PS.
Sócrates, também "imageticamente" falando, deverá ter ofendido os progenitores do actual MF quando atirou ao Louça que "mansa era a tia deste". Mas a melhor imagética continua a pertencer ao ministro dos "corninhos" que foi dar lições para os EUA á conta da EDP.

hajapachorra disse...

O debate mais absurdo que alguma vez tive com alguém foi com este calhau sem olhos. Outro profissional da obtusidade defendeu-o hoje no parlamento; com esse sempre usei de caridade cristã.

Karocha disse...

Há pouco,disseram que não sabia que estava a ser gravado!!!

O Sindicato do MºPº honra o MºPº