sexta-feira, 8 de maio de 2020

O Notícias Viriato incomoda a classe político-jornalística do sistema

Segundo se lê aqui, ( porque noutro lado nem se leria nada de nada) o animador do sítio Notícias Viriato viu recusadas pela Comissão da Carteira Profissional do Jornalista a sua inscrição como "jornalista profissional".

A acreditar na informação supra, o motivo da recusa terá sido por tal sítio não ter "actividade jornalística". Um motivo hipócrita e jesuítico, se assim for.

Segundo o sítio da Carteira, jornalista será aquele " que exerce, como ocupação principal, permanente e remunerada, com capacidade editorial, funções de pesquisa, recolha, selecção e tratamento de factos, notícias ou opiniões, através de texto, imagem ou som, destinados a divulgação, com fins informativos, pela imprensa, por agência noticiosa, pela rádio, pela televisão ou por qualquer outro meio electrónico de difusão.

Não constitui actividade jornalística o exercício das funções supra referidas quando desempenhadas ao serviço da publicações que visem predominantemente promover actividades, produtos, serviços ou entidades de natureza comercial ou industrial." 


As condições para aceder à categoria de jornalista estão definidas aqui. Desconheço se o visado- António Abreu- possui os requisitos.

Fazendo fé apenas naquele motivo é algo estranho tendo em atenção o conteúdo do sítio Notícias Viriato.



Se isto não é conteúdo jornalístico nem sei o que seja o Público. Talvez um órgão oficioso do BE.

Seja como for, os membros do tribunal plenário que julga os requisitos e confere o estatuto profissional são estes:



Qual será o motivo real e plausível para a recusa em conferir estatuto profissional de jornalista a quem efectivamente pratica jornalismo?
Só vejo um e que nem no tempo de Salazar se aplicava: discriminação político-ideológica.
Tarda nada o sítio do Viriato será classificado no Index Prohibitorum do actual sistema conciliar do sistema político-partidário vigente.

E ninguém vai piar...

O Jacinto Godinho é filho do outro Godinho que cantava A Liberdade está a passar por aqui...? É?

Maré alta...então.



Sem comentários: