quinta-feira, 28 de julho de 2011

Uma enormidade de António Costa

António Costa na Quadratura do Círculo acaba de dizer uma tal enormidade sobre o nosso sistema constitucional que até arrepia quem ouviu e pensa no que pretendeu mesmo dizer.

Estavam todos a discutir a cretinice do Expresso sobre o caso Bairrão e eis senão quando, o dito Costa, meio-irmão do outro, faz o favor de lhe vestir a pele nisto:

Disse com toda a naturalidade que, se na formação de um governo, uma instituição como a PGR souber que um determinado elemento anunciado como candidato a cargo governamental, tem algum problema judiciário a ser-lhe apontado, deve, e repisou várias vezes essa noção incrível de dever, avisar o chefe de governo dessa circunstância!
Isso mesmo: o PGR sabe que há um inquérito a correr contra determinado candidato a governante e deve, repito, deve, segundo o entendimento de António Costa, avisar o primeiro-ministro de tal circunstância.

Este António Costa foi ministro da Justiça, imagine-se! Talvez devido a essa elevada noção de dever, algum tempo depois, andou a telefonar ao então PGR por causa de uma questão judiciária com um correlegionário de partido.

6 comentários:

joserui disse...

Hehe... também deixei de ver esse programa... o Costa estragou-o de vez... pelos vistos não perco nada. E estou livre. Pode-se finalmente dizer que não vejo televisão nenhuma que não seja por acaso e esporadicamente. -- JRF

joserui disse...

Já li o Na Sombra do Poder do Feytor Pinto... pode-se dizer que gostei qb. Achei demasiado palavroso, em referências culturais, mas principalmente num desfiar interminável de nomes. Acho que nunca li um livro com tanto nome. Deve ter listado milhares de nomes... não achou isso? -- JRF

Mani Pulite disse...

UM ANDA APAVORADO.O MEIO-IRMÃO DO EMPREGADO DO APAVORADO É UM PAVOR.

Carlos disse...

É a chamada rota de "Costa a Costa"

Vitor disse...

Só que quando telefonava ao PGR de então pretendia o efeito contrário. Que não visse o elefante a passear-se pela loja das porcelanas.

Mani Pulite disse...

COM O ARGUMENTO DE QUE SEGUNDO CONSTA A TROMBA DO P.AQUIDERME É MINÚSCULA.