Páginas

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Por cá é melhor começarem a pôr as barbas de molho...

Sapo Notícias:

Geir Haarde, ex-primeiro ministro da Islândia foi considerado culpado de uma das quatro acusações de negligência face a crise financeira de 2008.
 Enquanto alguns islandeses consideram que o ex-primeiro ministro foi um bode expiatório, outros defendem que é essencial apurar responsabilidades.
Apesar da economia islandesa estar a recuperar da crise e ter cumprido com sucesso o programa de austeridade imposto pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), os cidadãos continuam muito desconfiados das instituições governamentais.
Segundo a Reuters, as sondagens mostram que o parlamento atual tem o apoio de apenas 10 por cento das pessoas.

Por cá ainda vão dar muitas voltas, mas se as coisas piorarem significativamente podem pôr as barbas de molho porque as pessoas não são estúpidas e irão começar a pôr as perguntas que se impõem há muito.
Hoje no jornal i, Miguel Cadilhe responde à observação de que "Almeida Santos diz que José Sócrates foi vítima da crise...", dizendo que " a crise foi vítima de Sócrates, de outros também, dá dentro e lá fora. Depois a crise vitimou Sócrates."
Sobre o BPN, Cadilhe diz mais: "O pior negócio para os contribuintes chama-se nacionalização [do BPN]. Ou se quiser chama-se Sócrates, Teixeira dos Santos , Constâncio, a brilhante trindade que contemplou a coisa e contemporizou durante anos, agitou-se e assustou-se connosco no Verão de 2008, negou-se então a assumir o erro das omissões ou cumplicidades passadas, alegou um absurdo risco sistémico, decretou apagar todos os pecados, e nacionalizou. Um erro calamitoso."

Barbas de molho- precisam-se...

4 comentários:

Streetwarrior disse...

http://pastebin.com/DFR398ZM

José, tem conhecimento disto.
Será veridico ?

josé disse...

Já tinha lido mas como se refere o nome de José Esteves não sei o que dizer a não ser que a credibilidade carece de maior sustentabilidade.

Karocha disse...

Eu pelo sim pelo não já tenho tudo guardado José, mais umas coisas que sei.
É como dizer que as loiras são burras :-)))

Floribundus disse...

'nós por cá todos bem'