quinta-feira, 12 de abril de 2012

A festa grega...

Na Grécia, finalmente, conseguiram prender um antigo ministro. Por coisas menores: apenas umas luvitas no caso de submarinos, pagas pela Ferrostaal. Por cá não há casos destes. O Fripó nunca existiu e o Face Oculta não passa de uma (pouca) vergonha...
O mais interessante da notícia reside na circunstância de os gregos terem descoberto o pote do dinheiro escondido. Novamente, por cá, nunca se descobrem estas coisas. As offshores e assim são casos da vida privada. Por cá, simplesmente não há políticos corruptos. Há apenas quem venda cabritos sem cabras ter.

Tsohatzopoulos nearly became prime minister in 1996, when he was narrowly defeated in an internal party vote to become chairman of the then ruling Socialist PASOK party.
Since quitting politics in 2009, he has repeatedly denied any wrongdoing in a string of affairs investigated by prosecutors, including the use of offshore companies to buy his Athens mansion and the sale of German submarines to Greece.
In 2011, PASOK expelled Tsohatzopoulos after lawmakers asked that he be indicted in connection with the submarine procurement deal with German firm Ferrostaal.
Sources quoted by Greek media said that the court had identified cash payments to then-defence minister Tsohatzopoulos from Ferrostaal, allegedly to ensure that it would win a contract for the purchase of four submarines in 2000.
The sum he received is estimated at €8 million, deposited in a Swiss bank.

7 comentários:

Floribundus disse...

só cabalas
o largo dos ratos nunca existiu

pagamos com língua de palmo os roubos que o ps (1, 5 milhões de votantes) não aceita

Streetwarrior disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Karocha disse...

Street

Caro amigo e aquele blog "a partir pedra",aonde comentas, tenho dias que me estatelo a rir,os pobrezinhos não podem ser maçons por exemplo :-)))

Streetwarrior disse...

Atenção a todos os que têm por costume comentar no Blog.

Não se equeçam de pedir desculpa aos visados, pela vossa imaginação vos ter traido relativamente aos arguidos do caso Portucale.

Ficámos a saber que havia escutas e que os visados foram constituidos arguidos, resultado dessas escutas e de outras acções...mas nada foi provado.
O que teria tais escutas? Convites para a pesca...churrascada?
Ficámos a saber que os Sobreiros foram abatidos, envolvendo contactos a empresas do BES para que fosse feito 1 investimento Privado...mas nada ficou provado.
Provavelmente, os Sobreiros mandaram-se para o chão de propósito ou foram vitimas de uma praga de escaravelhos "salgados ".
O processo de avaliação sido bastante célere,o que nas palavras do Sr Abel P, ainda bem, pois em causa estava " O Interesse Nacional"....mas, não ficou provado o tráfico de influências.
Claro...as conversas eram sobre pesca acompanhada da seguida churrascada, como é evidente, pois só uma mente preversa poderia pensar outra coisa.

A BOSTIÇA FOI FEITA.

Já sabem, José e todos nós, tratem de se retratar,pedindo desculpa aos visados por terem levantado as calúnios...as mentiras...a injustiça que lhes fizeram.
O processo levou 7 anos para terminar e ou muito me engano ou vem já aí, no virar da equina, um processo por calunia e difamação ao terem atentado contra o bom nome de "reputados "visados " que não tardará a terminar, indeminizando com quantias naturalmente absurdas.

È o DEBOCHE total!

Streetwarrior disse...

Karocha, Eu considero o Blog a partir pedra muito bom e acredita, não ponho em causa a seriadade dos autores.
Também não tenho qualquer problema em reconhecer que aprendi muito com muitas discussões que por lá tive, pois fizeram-me ver a Maçonaria de outros prismas.
Agora, é natural que os mesmos defendem os outros Maçons...com unhas e dentes e também não sou estupido ao ponto de acreditar que mesmo que lhes tivesse tocado em alguma ferida, os mesmos dissessem que era verdade.
Mesmo que lhes dissesse uma verdade inquestionável, os mesmos diriam sempre que é mentira.
Mas, foi por lá que aprendi que a Maçonaria regular,nada tem a ver com o GOL e que os mesmos, apontam o dedo a forma como muitos maçons irregulares (GOL) se possiciona em relação a certos assuntos da sociedade.
tanto assim é que uma vez me disseram, quando ouvir algum escandalo envolvendo Maçons, para tentar saber, a que obdiência pertenciam.
Enfim...mas gosto muito do BLOG

Karocha disse...

Street

Caro amigo, tenho dias que me rio,que nem uma perdida com os posts!
Não te esqueças que eu vivi rodeada pela maçonaria desde a infância!!!

Zé Luís disse...

Espelho meu, espelho meu... - já se questionava o Sócrates...