domingo, 15 de abril de 2012

O tribunal Constitucional vai de mal a pior

Os políticos escolheram...e estão escolhidos os nomes para o tribunal Constitucional.

O PSD escolheu o jurista-advogado-comentador televisivo de assuntos judiciários, Paulo Saragoça da Mata.
O PS escolheu Conde Rodrigues que foi juiz durante meia dúzia de meses em tribunais administrativos e fiscais, entrando nessa jurisdição per saltum, ou seja, por concurso directo, vindo da universidade. Foi governante socialista, secretário de Estado e actualmente está no Conselho Superior do Ministério Público. Eventualmente é da Maçonaria ( digo eu por pensar de que).

Para saber melhor o que pensam alguns magistrados destas designações, é ler os comentários da InVerbis...

8 comentários:

Floribundus disse...

qualquer um serve para aquela coisa a que chamam tribunal inconstitucional.

ali só se salva o palacete Raton

S.T. disse...

«De mal a pior» para quem ?

josé disse...

Para todos nós, acho. A clique não conta.

S.T. disse...

;-)

lusitânea disse...

Vê-se que para os amigos não falta nada e é tudo de vento em popa e a saltar de tacho em tacho melhor.Mesmo com aqueles currículos ao estilo das "novas oportunidades" aquiridos em universidades "amigas".Em contraponto são muito internacionalistas, defensores da "paz", dos direitos humanos por nossa conta,da pátria é onde uma pessoa se sente bem e lhes dão subsídios por conta dos outros,onde os criminosos não o são mas sim a sociedade que não paga o suficiente para eles deixarem de o ser...e venham eles donde vierem!Este é o "dirigente" tipo que as lojas gostam de "eleger".Para garantir que a hierarquia de irmão se cumpra, isto é, OBEDEÇA, mesmo traido e roubando o povo Português...

ferreira disse...

Isto anda tudo ligado.
Olhando para os presidentes da república e primeiros ministros, aquilo é gente que nos represente?
Deveríamos analisá-los um a um.
Aquilo representa-me enquanto português?
E o Vital não é um dos autores da Constituição? Porque é que os seus guardiães haviam de ser melhores?

Streetwarrior disse...

No estado para o qual o pais caminha, com a corrupcção a atingir niveis de deboche na cara dos contribuintes, porque razão as nomiações haveriam de ser outras?
Não será normal, no meio de toda esta anormalidade?

Miguel M. Ferreira disse...

E pelo que rezam as crónicas desta manhã...ainda se vai encaixar a Fátima Mata Mouros

Carros de música corrida