segunda-feira, 9 de abril de 2012

A honra de um advogado em jogo.

Sol:

Para dar a entrevista ao Carlos Tomás, o Ricardo diz que lhe foi prometido dinheiro para mentir. Foi assim?

Sim, o Carlos Tomás disse-me para livrar os arguidos e para dizer que era tudo mentira o que disse no processo. Disse-me para falar sobretudo do Carlos Cruz, que era tudo mentira, e que tinha sido ameaçado pelo procurador para o acusar. Depois, a entrevista fiz à minha maneira. Eu sabia o que ele queria e construí a minha mentira.

A única saída para um advogado de defesa, num caso destes, é renunciar à procuração e mandato respectivo.
É essa a única atitude a tomar por Ricardo Sá Fernandes.

12 comentários:

Miguel M. Ferreira disse...

O tal Advogado pode ter mil e uma razões para renunciar à procuração...mas não será certamente por causa de uma entrevista de uma testemunha/vitima que (na versão do seu representado) esteve sempre a mentir...

Luis disse...

Isso se este advogado não gostasse ele próprio de jogos de manipulação. Até já brincou aos agentes infiltrados

cineticum disse...

Meu caro José, não s eiluda. As coisas não podem ser assim tão simples. Renunciar à procuração, diz o senhor? Apenas isso?

Hugo Filipe disse...

É só testemunhas credíveis. Para além de qualquer dúvida.

josé disse...

cineticum:

Apenas isso porque é insustentável que um advogado honrado se mantenha a representar um cliente que é acusado de coisas gravíssimas durante o processo. E não me refiro aos factos/crimes por que foi acusado.

Um advogado, numa situação destas está sempre num ponto de não retorno. Paira sobre o mesmoa a suspeita de saber o que se passou ou, pior ainda, de nisso ter participado e portanto a única saída é mesmo renunciar ao mandato para recuperar a imagem de honra que deve ser apanágio de um causíco.

Com a renúncia ao mandato cessa a suspeita de que continuaria a pactuar com estas anormalidades muito graves.

Floribundus disse...

o tribunal é o local onde mais se mente.
tive um caso com testemunha cadastrada penitenciária comprada por advogados foi aceite pelos juizes e o seu testemunho considerado válido (e todos sabiam)

N disse...

Salvo 0,1% de excepções...

Em que consiste a profissão de um advogado senão mentir?

É só ver a profissão dos politicos democraticos desta 3ªrepublica.

Os pais da democraCIA soares e balsemão por exemplo...

Isto é a republica dos advogados,desde os politicos ao mais alto nivel,aos comentadeiros e patrões dos medias.

É a republica da mentira profissionalizada.

E alguma vez na vida o gado(a maioria do povo) vai ter alguma vez capacidade de diferenciar a verdade da mentira quando bombardeado pela mentira em tudo o que é comunicação social?

E como cada um vale um voto...

E será sempre assim...

De quem é a culpa desta situação?

Do gado que está pouco acima do simio a nivel intelectual?

Ou daqueles que intelectualmente capazes e de coluna vertical continuam acreditar na democracia sendo esta a forma de regime mais igualitaria possivel?

Hoje vão emigrar mais uma carrada de nativos,jovens inteligentes cuja formação escolar foi paga por todos os portugueses desde crianças até adultas,ou seja,investimento perdido.

Entretanto vão entrar gajos do mali,senegal,angola,guiné bissau pois são os unicos para compensar o defice de natalidade,a emigração nativa e o desequilibrio entre população activa e não activa.

Ah,e cada um deles vai valer um voto...

As hienas democratas esfregam as mãos...

A ditadura dos burros está cada vez mais solidificada,as fileiras aumentam dia após dia.

Entretanto Portugal como nação vai morrendo...

Até chegar ao ponto de não retorno e se transformar no brasil "b",onde a classe media vai ser uma minoria a levar com os estilhaços das novas favelas democraticas.

E uma sociedade igualitária e liberal onde quem não leva no cú é um extremista,quem não é democrata é um terrorista....

Isto mais que os míudos da casa pia,é Portugal inteiro que anda a ser violado há decadas pelos democratas,e muitos pareçem gostar...

josé disse...

Isto aqui é diferente.

Aqui não foi uma ocorrência de audiência e de defesa dos interesses do arguido, apenas.

Aqui verificou-se uma gravíssima manipulação da prova testemunhal relevante no sentido de tentar uma anulação de um julgamento já efectuado, "fora da secretaria" e por meios absolutamente condenáveis.

Se o advogado soube disto impõe-se mais que a simples revoação da procuração: impõe-se a expulsão da Ordem e para sempre.

JC disse...

Claro que soube disso.
Ainda há dúvidas?

josé disse...

Não quero acreditar numa coisa dessas mas a OA tem de pronunciar-se e instaurar um inquérito

cfr disse...

Eheheheheheheheh
O José ainda é de bom tempo....

Karocha disse...

Ainda bem que o José ainda é do bom tempo, e que não lhe doam os dedos e continue a escrever!!!