terça-feira, 10 de abril de 2012

O interesse nacional tem muito que se lhe diga...

Económico:

O Presidente da República evoca "razões de interesse nacional" para justificar a promulgação do congelamento das reformas antecipadas

"Pedi informações ao Governo, ele forneceu-me todas as informações que foram solicitadas e, face às razões de interesse nacional que me apresentou, entendi que não devia obstar à entrada em vigor do diploma", afirmou o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, em declarações aos jornalistas no final da inauguração da nova sede da Microsoft em Portugal.

Pois, pois...o interesse nacional actualmente serve para justificar tudo e mais alguma coisa. Só não serviu para justificar a promulgação da lei sobre o enriquecimento ilícito. Aí foram dúvidas e dúvidas sobre a constitucionalidade da inversão do "ónus da prova" e mais isto e mais aquilo.

O povo começa a entender claramente como é que estas coisas funcionam e quais são os verdadeiros interesses nacionais em jogo.

É fácil enganar o povo uma ou duas vezes. Mas muitas vai ser difícil e perante uma situação de emergência nacional, Cavaco e Silva que se cuide. Com o BPN, claro está...porque as pessoas não são parvas nem andam a dormir na forma.

9 comentários:

Floribundus disse...

op povo gosta de ser enganado.
o interesse nacional é o conjunto de 'lóbies'
e o 'lóbi' é o pior inimigo dos contribuintes

Carlos disse...

Ora, nem mais!

Completamente de acordo com o José.

Esta gente anda a gozar o povo. E agora, confundem o interesse nacional com os seus próprios interesses.

Mani Pulite disse...

A remoção do Monteiro ,travar a derrocada da Justiça e repor o Estado de Direiro não são do interesse nacional?Pelos vistos para Sexa.tudo isto "não interessa nada".

Carlos disse...

Pinto Monteiro, ganhou a linha. Agora segue para bingo e em nome, se calhar, do superior interesse nacional.

O país está a ficar infestado de ratazanas, que há muito ultrapassaram a fase da traição à Pátria.

cfr disse...

Por falar em gozar com o pagode
http://www.publico.pt/Educação/maria-de-lurdes-rodrigues-defende-que-parque-escolar-e-um-exemplo-de-boa-pratica-de-gestao-1541532

Vivendi disse...

O lema de Cavaco é,

"o meu traseiro acima de tudo".

Os políticos tem de adotar um discurso de verdade em relação ao estado social como pede Medina Carreira, em teoria ele é o nosso verdadeiro presidente da república ou pelo menos a nossa grande referência política. Grande parte da sociedade é que ainda não o percebeu mas já o sentiu.

portugal livre disse...

necessito uma arma para fazer justiça, matando uns quantos

ferreira disse...

O "interesse nacional" continua a atropelar o interesse dos nacionais.

Um dia um nacional ainda esfrega um pano encharcado nas trombas de algum beneficiário do interesse nacional. A maioria deles não merece maior arma.

cineticum disse...

O interesse nacional impõe que o Cavaco e os outros melgas ganhem reformas ao fim de meia dúzia de anos, no Banco de Portugal (x 14, como ainda se usa nas fórmulas nos Tribunais de Trabalho), etc. Agora o povo, esse, que trabalhe até não ter forças, leva 12 pensões e já goza, etc. É por estas e por outras que votarei PCP (ou CD qualquer-coisa, não me interessa), os úncos que falam com verdad em Portugal: Stalin era um preocupadinho com o povo russo, ganhou a II Guerra, etc., tudo coisas que não me afectam nem afectarão, pois~~unca serão Governo...