quinta-feira, 9 de junho de 2011

Ana Gomes, a postiça

"Eu própria pedi uma investigação ao PGR(...) sobre dois ministros do governo de Durão Barroso que fariam investidas em meios de prostituição, um deles até disfarçado de cabeleira postiça e recordo como o PGR rejeitou qualquer investigação."- Ana Gomes, citada pelo i.



Repare-se bem no que diz esta política, deputada ao parlamento Europeu, dirigente do PS e alvitradora de palpites avulsos no blog da causa nossa ( sem link porque não me apetece): pediu uma investigação ao PGR. Poderia ter pedido ao DIAP, fazendo a respectiva queixa-crime articulada com factos e sustentando as suspeitas esperando pelos resultados em segredo de justiça que exige sempre noutras circunstâncias. Não o fez. Apenas pediu ao PGR não se sabe bem o quê, a não ser que investigasse "dois ministros de Durão Barroso". O importante, para Ana Gomes era serem ministros e principalmente de Durão Barroso. Sobre os ministros de Guterres, mormente o do Trabalho e Solidariedade nunca lhe ocorreu tal coisa porque até predisse que viria a ser primeiro-ministro, apesar de acusações concretas sobre comportamentos de índole pedófila que nunca se provaram mas nem os acusadores foram condenados por tal.


Sobre os tais dois ministros de Durão Barroso qual o corpo de delito apontado para a investigação? "Prostituição". Envolvimento em "meios de prostituição", coisa horrorosa denunciada pelo Le Point francês através da intervenção corajosa do jornalista Rui Araújo. Resta saber como e porquê. Que ligações espúrias tal permitiu e ditou. Ou seja, saber se houve cabala a sério. Que factos sustentaram a notícia e que fundamentos a revista aceitou como válidos para a publicação. O tal Rui Araújo poderia ter publicado o mesmo em Portugal? Poder, podia mas...não seria a mesma coisa.



Porém, antes disso, como não há crime punível por essa prática não se sabe o que iria investigar o PGR. Mas Ana Gomes não desiste e ainda hoje acha que foi uma vil manobra de encobrimento não se ter investigado o estranho caso da "prostituição com cabeleira postiça".
É por isso uma indignação postiça em que se pretende abertamente imiscuir o poder judiciário em matérias de política. Mas selectiva. Sempre que se trate de imiscuir o poder político de partidos ditos de "direita" aparece Ana Gomes a "dar a cara" e a exigir a promiscuidade no meio. Sem qualquer pudor porque a esquerda de Ana Gomes não tem estados de alma para isso.

8 comentários:

lusitânea disse...

Para quem ia com os colegas do ministério fazer nudismo na hora do almoço para o Meco é de estranhar este homofobismo primário indigno de tantas amizades bloquistas e adeptas da modernidade do casamento e da fornicação entre seres do mesmo sexo.Anda certamente aterrorizada por ter que voltar à miséria dos 2000 euros e se calhar aos convites do Meco porque na Necessidades aquilo é um alfobre...

lusitânea disse...

E então encontrar nas Necessidades o Portas?O que mais pode acontecer a uma criatura que se limitou a gritar "nem mais um soldado para as colónias" e se tem deitado na sombra dessa bananeira até hoje?
Reparo contudo que essa emérita peixeira de bacalhau a pataco ainda não gritou nada acerca de como o seu rico partido importou, nacionalizou de novo e sustenta uma multidão de africanos que é maior daquela que andava por África e que com a sua iniciativa foi corrida com uma mão à frente e outra atrás...

Floribundus disse...

devia pagar para ser vista na praia do meco .
eu virava a cara para o lado.
no tamariz havia sempre umas meninas deste tempo a correr com as mamas debaixo dos sovacos.

esqueceu-se do seu amigo ferro

zazie disse...

Pois é. Ela tem umas estranhas fixações por pedófilos e homossexuais não pedófilos.

Sendo do partido- os pedófilos são protegidos. Sendo da oposição, nem precisam de ser pedófilos- basta o escândalo e a vergonha social de comprarem sexo.

A chatice é mesmo esta.

zazie disse...

Pois é. Ela tem umas estranhas fixações por pedófilos e homossexuais não pedófilos.

Sendo do partido- os pedófilos são protegidos. Sendo da oposição, nem precisam de ser pedófilos- basta o escândalo e a vergonha social de comprarem sexo.

A chatice é mesmo esta.

JC disse...

Esta histérica, pelo que disse, devia ser trucidada pelos media.

A incongruência da sua postura é de bradar aos céus, pois que tem estado caladinha com o que se sabe do menino Pedroso.

E ai de alguém de direita que dissesse mal de alguém que "gosta de fornicar com pessoas do mesmo sexo".

Mas como é de esquerda, pode vociferar o que quiser que no passa nada.
Porque no te calas, minha porca?

zazie disse...

Ela não tem estado caladinha com o Pedroso.

Pior. Ela sempre disse com esse era cabala ou urdidura política.

Esta sujeita é que precisava que lhe tirassem a peruca.

Mani Pulite disse...

A BACALHAU À GOMES SÓ ESTÁ A CUMPRIR AS ORDENS DO VIEIRA FERRUGENTO PEDRADO.TEMOS DE CHAMAR O QUIM BARREIROS PARA LHE CHEIRAR O BACALHAU E DESLINDAR TODA A CABALA.