segunda-feira, 20 de junho de 2011

As lojas de portas fechadas

Económico:

Fernando Nobre anunciou que retirou a candidatura a presidente da Assembleia da República e vai ficar como deputado.

Segundo Sousa Tavares, em comentário na SIC, Fernando Nobre pertence a essa nobre agremiação secreta que se reúne habitualmente em segredo e cujos membros envergam avental. A Maçonaria portuguesa perdeu por isso mesmo o confronto com a outra agremiação sigilenta que se cilicia em segredo e que insiste em misturar o que é de César com O que não lhe pertence.

A questão que se coloca sempre nestes casos é muito simples: que legitimidade têm essas agremiações em actuar numa democracia como se fossem as suas Sombras tutelares e que lhe confiscam cargos de responsabilidade como se estivessem em leilão ou que os arrematam por tráfico de influência?
Que seriedade merece uma actuação dessas numa democracia, supostamente um regime de transparência e correcção política em que quem vota deve saber em quem e porquê?
Estas pessoas que infliltraram o PS e o PSD ao mais alto nível, porventura até ao cimo do topo, não pensam nisto? Acham que somos uma cambada de palermas que temos de aceitar o que decidem em conclaves secretos e sem dar satisfação a ninguém que não os seus?

A resposta é também simples: acham isso mesmo.
Salazar proibiu a Maçonaria por causa do seu papel na I República. A Maçonaria não desapareceu mas não mandava como hoje, sem qualquer ponta de vergonha que não tem e nunca teve. Alguns ministros de Salazar seriam maçons e até o próprio Salazar, segundo algumas teses, não desmerecia as lojas. Desde que tivessem as portas fechadas e não fizessem barulho para os vizinhos. E que não se lembrassem de começar a por e a dispor.
É tempo de alguém fazer alguma coisa para fechar a porta dessas lojas que andam por aí. O primeiro passo é denunciar os seus membros, para ver se ganham vergonha.


43 comentários:

Wegie disse...

Subscrevo. Idem aspas para a tenebrosa Opus Dei.

zazie disse...

ehehe

Mas foi a Opus que fez xeque mate à maçonaria?

Eu nunca percebi para que que é que ele foi buscar este maluco.

Sendo assim, já se compreende.

E o CAA?

":O)))))

josé disse...

O CAA mortificou-se na loja...ahahahah!

zazie disse...

ajajajjajajajajaja

Malha-nos Deus. Ao menos isso.

zazie disse...

Até vai perder umas toneladas para caber dentro do avental.

":O))))))))

aviador disse...

Muito bem. Até apetece formar uma loja para combater tias lojas.
Mas essa do CAA a emagrecer é demais. Até porque o homem é magrissimo, cerebralmente falando.

Wegie disse...

Zazie,

Hoje estive a ver a polémica em que andas envolvida sobre a salvação nacional no blogue do arroja e no blasfémias. Que pobreza! Parece a reedição dos debates dos anos 40 e 50 entre agraristas e industrialistas.

Reparei sobretudo na pobreza de espírito dum tal "anti-comuna" que chega a citar de forma reverencial a obra de um amigo meu (com o qual já publiquei em co-autoria). Aliás, mostrei-lhe a citação. Resposta:Porra só me faltava este!

zazie disse...

bah, aquilo nem a polémica chega. É mais para brincar com o JRF e com o bacano da cubata que anda com um sentido de humor completamente louco.

O anti-comuna é um tipo engraçado e que dizia coisas bem certeiras mas é bêbado.

E um bêbado ressabiado não dá para aturar.

Mas leste o Peluche? aquela das velhinhas irmãos de ferroviário que viajam à borla na CP e daí a nossa bancarrota?

ahahahahha

É a hiena de matos a ler os jornais e a resolver a crise começando pelo mais pobrezinho.

Ainda vai andar a chagar sem-abrigos que não descontem IRS das esmolas.

O Peluche mal lhe cheira e merdoquice da hiena aparece logo e consegue encontrar casos ainda mais revoltantes.

Desta vez foram as manas solteiras de ferroviário. Imagine-se o que não seria se fossem viúvas. Era Pocinho à borla todos os dias.

zazie disse...

Mas a cena agrária merece a pena morder.

Viste a quantidade de bimbos com vergonha das origens?

Uma coisa impressionante. Para estas cavalgaduras do asfalto e telemóvel à culatra, o campo é uma vergonha que renegam.
Antes prostitutos citadinos.

zazie disse...

Mas tu és o PMP?

Naaaa. Não li isso. O anti-comuna deixou de conseguir dialogar. E é pena.

Entra nas teorias de conspiração e nos ódios às batatas fritas e depois não argumenta- insulta com desdém e nem se apercebe que quem se diminuiu é ele.

Wegie disse...

PMP? Nem sei o que é isso. Esse anti-comuna cita a determinada altura uma obra do Prof. Jorge Alves sobre a Industria têxtil do vale do ave. É esse o meu amigo.

zazie disse...

Ah, ok. Mas ele do Vale do Ave para o fundo, sabe. Até quer independência da região.

Wegie disse...

Essa da hiena de matos é de antologia.

Floribundus disse...

no início de 50 fui aluno e amigo do Doutor Francisco Martinez, um dos 2 fundadores da 'Opus Dei' em Portugal.

dez anos depois pertenci ao minúsculo oriente.

há duas Potências Maçónicas masculinas em Portugal. a citada com sede na Rua do grémio lusitano 25. a Grande Loja fundada pelo meu saudoso Amigo Dr Fernando Teixeira. esta última é deísta e ligada à Maçonaria Inglesa.

às vezes acusam obreiros da Grande Loja como se fossem na actual sociedade lusa de negócios.

Caeiro da Mata, Albino dos Reis, etc foram maçons do oriente

desde 1800 houve cerca de 30 potencias maçónicas, uma delas dirigida pelo bisavô de MFL.

D.Pedro IV, D. Fernando II, o 1º duque de Loulé, etc pertenceram a várias potências.

a ralé do largo dos ratos tomou conta da chafarica do bairro alto

Monchique disse...

Riam, riam mas a maçonaria é uma associação secreta que reunem em lojas onde só eles entram, atiram a matar quando é preciso, e entre a Pátria e eles sem pre eles.
Com muitos defeitos a verdade é que as Igrejas estão abertas a todo o público e quem quizer pode assistir às suas cerimónias sem pedir licença.
Aconselho a procurar no google:
Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo. Processo: 043845
Vão ver o que é a maçonaria.

Monchique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wegie disse...

Tem piada que já ouvi há muitos anos esta versão do Fluribundus da boca de um líder da loja maçónica mais influente do Porto: "O PS deu cabo da Maçonaria." Na altura achei aquilo intrigante e ainda hoje, porque nuncame interessei pelo assunto, acho uma coisa pouco esclarecida.

zazie disse...

Esse processo já conhecemos. O "Sois preboste ou juíz" do Pimenta.

E foi o CAA que o largou
ahahahahaha

zazie disse...

Não sei como é que eles distinguem.

http://www.dogsplayingpoker.org/gallery/coolidge/img/riding_the_goat.jpg

Zéfoz disse...

Em primeiro lugar concordo com o título (fechar as lojas) em segundo: decididamente, o que muito aqui se lê, só vem confirmar a triste realidade.
Vou fazer um pequeno comentário porque até tenho medo de falar dos funâmbulos da cruz e do avental:
Se a Opus Dei actuou na votação de F. Nobre, só podia ser para beneficiar o ex-PAR, M. Amaral.
E fico-me por aqui.

Karocha disse...

Floribundos

Eu também conheci muito bem o Fernando Teixeira, foi um bom amigo e namorei com o filho dele.
A seguir ao 25 do A, não havia trabalho de manequim e, ele deu-me trabalho nos bares dele!
Quando precisava de análises era ele próprio que mas fazia no laboratório :-)
Trabalhei na capelinha,no pupies, no queijo e vinho, e era sempre um guarda costas que me levava a casa, com o dinheiro do trabalho no bolso!
Bom homem!

Zephyrus disse...

Estou em crer que sim. O PS, provavelmente, deu cabo da Maçonaria.Até porque não é a associação de malfeitores que se diz por aí, bem pelo contrário. Antes Maçonaria que Opus Dei.

Zephyrus disse...

Antes Maçonaria, Teosofia ou Rosa-Cruz que Opus Dei, quis dizer.

Wegie disse...

Que são todos mal-feitores são. Disso não tenhamos dúvidas. Esses da rosa-cruz suponho que deviam estar internados no Júlio de Matos.

joserui disse...

O avental para o CAA vai ser de encomenda! E nos encontros da juventude maçonica, faz uma tenda para doze. -- JRF

joserui disse...

He lá, vou ter que ir ao Blasfémias ver a polémica... hehe. No PC não vi nada! Mas no pasquim não participo. -- JRF

Zephyrus disse...

Por que diz isso da Fraternidade Rosa-Cruz?

Wegie disse...

Esses não são os que ainda andam à procura do ouro dos Templários? Se soubessem um pouco de história iam fazer escavações para Penha Garcia, um castelo que 100 após a extinção do Templo ainda era templário. de caminho podem ficar alojados no Hotel Fonte Santa em Monfortinho. Recomenda-se.

Wegie disse...

Mas esse CAA também é maçon? Eu costumo vê-lo sempre rodeado de uma chusma de rapazinhos. Pensava que era só rabeta.

Zephyrus disse...

Lol nada disso do que diz sobre a Fraternidade Rosa-Cruz é verdade.

O CAA é muito medíocre. Havia gente melhor para pôr na Assembleia da República.

Se era para convidar alguém da blogoesfera, convidaria a Zazie ou o Dragão ;)

Conheço muito bem Penha Garcia. Dos únicos locais onde Portugal ainda não morreu.

zazie disse...

ahahahahaha

Eu e o Dragão é que ficávamos lindos na Assembleia.

Havia de ser pior que largar bomba de haxixe em cima daquilo

":O))))))))

Wegie disse...

Fui ver essa coisa da Fraternidade Rosa-Cruz. Prefiro ler o Umberto Eco (que é bom) ou o Dan Brown (que é mau).


Malha-lhes Deus!

Zephyrus disse...

Para perceber o que a Fraternidade Rosa-Cruz teria de ler primeiro a Helena Blavatski, o que demora largos meses, e depois passar para o Max Heindel, que é mais leve.

zazie disse...

E se for directamente à sede e perguntar, não se percebe nada?

zazie disse...

Qualquer religião é assim que funciona. Até a budista. Chega-se lá, pergunta-se e explicam.

Nada que enganar.

Zephyrus disse...

A Maçonaria, a Teosofia e ou a Fraternidade Rosa-Cruz não são religiões.

Um momento...

De volta.

Têm neste site livros com fartura sobre a Maçonaria:
http://knowledgefiles.com/

Assim percebem melhor de que se trata.

Uma curiosidade. Na primeira metade do século XIX um americano, maçom, escreveu um livro com a descrição dos rituais. Foi morto.

zazie disse...

Estava a brincar. Mas é mais ou menos isto que eu penso. Seja religião, seja o que for, se não souberem dizer de porta-aberta, é porque tem aldrabice com ela fechada.

Zephyrus disse...

O que tem na porta fechada não sei ao certo, pois não faço parte de nenhuma loja. Mas tenho estudado nos tempos livres estes temas, nos últimos meses, e bem, muito há a dizer, e não sigo tudo o que sei pois chamar-me-ão doido. Tenho um familia na F. Rosa-Cruz e outro na Maçonaria, e também sei umas coisinhas extra.

____

Lalalalala já repararam que a cúpula da Igreja Católica portuguesa andou muito caladinha na questão do aborto e do casamento das bichas? lalalala este actual Cardeal Patriarca lalalalala

____________________________

Na Maçonaria há duas classes. Quem estão por baixo mal sabe do que se trata aquilo. Limitam-se a fazer intriga política. Quem está mais alto na hierarquia já trata o assunto de outra forma.

Eles consideram que os «mistérios» só deverão ser transmitidos a uma minoria iluminada. Nisso são diferentes da ICAR. Uma igreja estão aberta a todos, independentemente da condição social, sexo ou nível de formação. Um templo da Maçonaria não. E os graus mais altos da Maçonaria também não.

O objectivo é a formação de uma grande fraternidade universal. Sem nações ou religiões. A elite iluminada a guiar a humanidade.

Nós somos resultado da criação do Demiurgo. E todos podemos aspirar a ascender ao nosso lugar de deus. Para isso há todo um caminho e práticas ocultistas. Os espíritos luciferianos tiraram a humanidade da ignorância imposta pelo Demiurgo, Jeová.

Fomos abandonados neste mundo sujeito às leis da Natureza que nem compreendemos ainda. Lúcifer libertou-nos da escuridão. O homem iluminado também se liberta.

Caminho: organizar a vida pessoal e material, auto-domínio, estudo, crescimento espiritual.

Uma das práticas ocultistas mor é a projecção astral. Aí passa-se para o éter e contacta-se com seres etéreos. Uma vez acordado a consciência no mundo astral, o homem pode preparar a sua morte. E aí, quando morre, abandona o corpo físico de forma consciente, e é levado pelos seus guias para ajudar na evolução da Humanidade.

Vou dormir. Depois se estiverem interessados desenvolvo mais.

Zephyrus disse...

O comentário está com erros linguísticos. Peço desculpa. O sono serve como pretexto.

Zéfoz disse...

Estou constantemente a ser notificado de que há novos comentários sobre este tema. Porque será que o mistério causa ao mesmo tempo, um mistifório de medo e curiosidade?
Tenho para mim que estas "agremiações" (tenho lido muito sobre elas) mais ou menos esotéricas, mais ou menos elitistas, mais ou menos poderosas,por mais que digam o contrário, são fechadas, porque escondem alguma coisa para eles importante, mas que prejudica o cidadão comum e lhe causa uma repulsa natural...
Os benfeitores e as pessoas honestas não precisam de paramentos, nem de rituais secretos para fazer o bem ou para ajudar a construir uma sociedade mais justa.
Todos os carrascos ocultam a face quando utilizam a forca...

Zephyrus disse...

Caro Zéfoz, nunca leu o Justine e o Juliete do Marquês de Sade? Fazer o mal para praticar o bem, conhece o conceito?

Já agora, o grande projecto maçom... sabem qual é? EUA. Muito há a dizer sobre o assunto. Mas aquilo não é uma nação construída sob o Deus judaico-cristão. Isso é dito para o povo.

Zephyrus disse...

Leiam Manly Hall. Boa noite.

hajapachorra disse...

O Opus derrotou a maçonaria?! Mas como se foi ungida a senhora Assunção Esteves, essa intrépida abortista? Por muita alegria 'cristã' que a possua, jamais a seita josemariana aceitaria tão diabólica figurinha...

A magistratura e os vip´s da bola