quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Jornais de referência

Sol:
O The Wall Street Journal, a ‘menina dos olhos de ouro’ da News Corp. (que detinha o news of the World) terá criado um estratagema para aumentar ficticiamente a circulação do jornal na Europa. O responsável pela publicação no ‘velho continente’ já se demitiu.
De acordo com o The Guardian, que refere documentos e emails a que teve acesso, o jornal económico canalizou dinheiro através de terceiros para uma empresa que estaria a comprar massivamente exemplares, aumentando a circulação.
Os emails e documentos referidos não foram divulgados pelo diário britânico, mas na prática, o WSJ estaria a comprar exemplares a si mesmo, aumentando a circulação, o que lhe permitia cobrar mais aos anunciantes .


Por cá há um jornal de referência cujos directores, em tandem, utilizam o jornal para concorrer contra um accionista da Impresa, divulgam notícias que integram prática de crimes de violação de segredo de Estado, aldrabam informações desse modo e...nada acontece. Até o próprio director dos serviços de informação acha que esta actuação é do tipo no pasa nada...

2 comentários:

Zé Luís disse...

Explique o josé a sua revelação escondida...

josé disse...

Mas...não sabe que o Expresso pertence à Impresa?

A viagem da Apolo 11 nos media