domingo, 4 de janeiro de 2009

"15 anos de políticas falhadas"

O cartoon de Cid, no SOl desta semana, foi revisto e aumentado, por autor anónimo. Clicar para ver melhor.
O título do postal, é do Público de hoje.

Os problemas portugueses mais graves, como sejam os relacionados com a Educação, Saúde, Justiça e Administração Pública, continuam sem solução adequada, mais de trinta anos depois do 25 de Abril.
Governo vem, governo vai, reforma fica, reforma passa, os indicadores económicos internacionais, são sempre inequívocos: continuamos atrasados, no pelotão de trás, quase sempre em último.

Ainda assim, não há governo que reivindique melhorias e até- pasme-se!- "reformas profundas", como era preciso!

Quem lê jornais ou procura informação, obtém geralmente, opinião desencontrada, por vezes devastadora para os sempre-em-pé com o poder do momento. Não obstante, o efeito dessa opinião, é quase nulo. As sondagens, continuam a ser o que eram: um mostruário dos efeitos da propaganda mais eficaz.

"Sócrates perdeu autoridade e prestígio com reformas falhadas, querelas sem sentido e um grande saco de promessas por cumprir"- VPV, Público 4.1.2009


"Os governos de Cavaco Silva foram responsáveis pelo crescimento excessivo do número de universidades públicas e privadas , no país e que se reflecte agora na falta de saídas profissionais para muitos dos novos licenciados".

" Foi um erro de há 20 anos, não se ter apostado no ensino profissional, que continua a ser visto como um ensino de segunda." - António Barreto, Público, 4.1.2009

Apesar destas opiniões, lá vem o discurso oficial que nos assegura o melhor dos mundos, sem contraditório à altura.

"Independentemente do juízo que se faça do actual Governo, ninguém pode seriamente contestar que, sem a maioria parlamentar, não teria sido possível conseguir o saneamento das finanças públicas nem empreender as profundas reformas que se realizaram na administração pública, na segurança social, na educação, na saúde, etc."
- Vital Moreira, Público, 30.12.2008


"Lisboa, 04 Jan (Lusa) - O ensino profissional mais do que triplicou nos últimos dez anos em Portugal, tanto em número de alunos como na oferta de cursos, abrangendo actualmente quase um terço dos estudantes do secundário, indicam dados do Ministério da Educação.

O crescimento nos últimos dez anos reforça a convicção da ministra da Educação de que a meta do Governo nesta matéria vai ser atingida."

Portugal, será apenas uma caricatura, em que o ridículo nunca mata?

3 comentários:

Tino disse...

O cãozinho do José de Sousa ladra mesmo bem...

Colmeal disse...

Antes de mais e como ainda não tinha tido oportunidade votos de um bom 2009 para todos,

quanto ao cartoon espero que a ASAE vigie também esta raça de cães perigosos ... (é que o "inginheiro das obras feitas" não sabe, mas esta é uma raça que não conhece o dono .... e logo que os ventos mudem, o animal ainda lhe morde a mão ...)

Unknown disse...

Ignorantes,atrasados e poobres,eternos"ilhéus" deslumbrados com o "là fora",somos o caldo de cultura propício à "desinformação social" levada a cabo por esta corja sabuja,que não vislumbra para além da manjedoura do poder político.