sábado, 3 de março de 2012

"Em princípio...o assunto...está arrumado! Somos todos amigos"

Correio da Manhã de hoje: mais um extracto de escutas telefónicas a propósito do assunto licenciatura de José Sócrates na Independente. O jornal, hoje, transcreve uma conversa entre Luís Arouca e o professor António Morais, o tal que José Sócrates só conheceu enquanto professor na Independente...
A conversa permite concluir o que é óbvio para muita gente e que muita outra gente se recusa a concluir: esta vergonha não devia ter existido.

José Eduardo Moniz, no artigo de opinião no mesmo jornal pergunta: "como foi possível um primeiro ministro assim?"
Como foi possível?! Uma resposta dá-a um dos interveninentes na conversa. Quando o reitor Arouca propôs um comunicado e a entrega de um dossier na PGR sobre a licenciatura de José Sócrates, o professor Morais determinou ao reitor Arouca, por indicação de José Sócrates:

"Não fazer nada. Por ele nisso tem razão. As televisões não pegaram no assunto. Os jornais, pá, também não pegaram no assunto. Trazem algumas coisas que tinham que trazer. É deixar ver o que é que acontece...mas em princípio...o assunto está arrumado."

Foi assim: as tv´s dos josés albertos carvalhos e judites e tutti quanti não deram importância ao assunto do mesmo modo que agora também não dão. Porquê?
É essa a razão que explica a anomia. É essa a razão da nossa corrupção. Mais: Arouca acaba por dizer a Morais: "Estamos todos do mesmo lado. Somos todos amigos".
É essa outra das razões.

Entretanto o Expresso de hoje dá conta que o DCIAP de Cândida de Almeida está à espera de documentos novos para reabrir o inquérito sobre a falsificação de documentos. Diz que está à espera quando tais documentos já são conhecidos publicamente, depois de Rui Verde o dizer e publicar em livro.
O advogado de Rui Verde, aliás, é bem mais explícito: vai entregar documentos e indicar testemunhas que "atestam que José Sócrates nunca andou na Independente".

Nessa altura, aposto que as tvs de José Alberto Carvalho, Judite de Sousa e Ana Lourenço vão pegar no assunto. Mas, ainda assim, tenho dúvidas. Vão mencionar outra vez a "campanha negra", como a sonsinha Lourenço o fez da outra vez?

Irá chegar a hora, também, de monsieur Descoings ouvir falar no assunto. Vai ter que ouvir...

10 comentários:

N disse...

"como foi possível um primeiro ministro assim?"

Numa democracia...

lusitânea disse...

Portanto o respeitinho dos "jornalistas" que ganham acima da média, teóricamente para manterem a "independência", mas na prática para serem controleiros do "sistema" e colaboradores da "propaganda" que afundou Portugal.No "sistema" não deve ser só o Sócrates com diploma manhoso.Isto porque ninguém se indignou...

josé disse...

lusitânea:

quanto a mim é essa a razão: uma boa parte de jornalistas têm diploma manhoso.

zazie disse...

ah, pois vai. Vai chegar a hora do monsieur Descoings enfiar uma saca de batatas pela cabeça abaixo.

È é bem-feita.

Floribundus disse...

a maior parte dos jornalistas tirou o curso numa universidade anti-fascista
chamada UEC

a viúva MAX já encomendou o LIVRO VERDE

rita disse...

Um dia vi, na tv, a sra. C.A. numa iniciativa do PS e pasmei, mas deixei de pasmar com todas as conclusões a que se tem chegado, sobre a seriedade ou a falta dela... Lamento, mas este país é um vómito!!!

josé disse...

A senhora C.A. também já esteve há uns meses numa iniciativa...PSD.

Enfim, é a vida.

rita disse...

Pois, não é de pasmar... Ainda bem que não sou sua colega, pq me envergonharia de tanta promiscuidade!

hajapachorra disse...

Mas há-os com sorte. Um fabiano aqui da minha beira não tinha beira onde cair morto, colou-se ao Passos no paleolítico médio e de jornalista do Púbico passou a sombra do PM. Sim, é o badocha que está sempre grudado ao Coelho. Os anarcas diziam «as putas ao poder que os filhos já la estão», porém eu digo-vos nem pensar, os jornalistas ainda são piores que os filhos.

AF disse...

Março, mês do Sável...

Do sável, dos robalos, e outras espécies piscícolas :)