terça-feira, 27 de março de 2012

A ver se compreendem...

Repito aqui o que disse o responsável islandês pelo Banco Central do seu país:

"Temos de ir aos incentivos. Quem ganhou com isto? No meu País eu sei quem puxou os cordelinhos, porque o fizeram e o que fizeram, e Portugal precisa de fazer o mesmo. De analisar porque alguém teve esse incentivo, no Governo e nos bancos, para pedirem tanto emprestado e como se pode solucionar esse problema no futuro".

Isto parece do mais elementar bom senso. Porque é que nenhum jornalista, comentador ou político "pega" nisto e coloca estas questões na praça pública?

Afinal, Portugal é uma aldeia e sabermos quem ganhou com a nossa desgraça não é assim tão difícil: empreiteiros de obras públicas, bancos, algumas, muito poucas, firmas de advogados, de consultadoria e quejandas, algumas empresas de regime.

Porque é que toda a gente do centrão e os papagaios habituais se "encolhem" e tergiversam, apontando argueiros e acusando a ASJP e outros de "judicializar a política" e não reparam na trave que está mesmo na frente dos olhos de todos?

Por exemplo, que papel tiveram Pina Moura e o Vitorininho nesta coisa toda, em meados dos anos noventa? Não podemos começar por aí, para não andarmos muito mais para trás?

Acham que isto é um discurso radical? Só se considerarem que o presidente do banco central islandês, também é...

12 comentários:

Zé Luís disse...

Olhe, pela mesma razão - conluios, respeitinho, autocensura e levar a vida da melhor forma - que não se punem Benfica e Sporting pela gritaria e ameaças aos árbitros, não são castigados e eles ameaçam parar o campeonato., Que perda!

Floribundus disse...

às vezes tenho a sensação de viver em Chicago nos tempos de Al Capone
ou no Zimbabué

N disse...

Ze luís então segundo o seu ponto de vista deve se punir a vitima do roubo.

Os que compram arbitros,e têm bares de prostitutas,algumas delas menores,míudas ingenuas "recrutadas" por serem pobres que depois vão levar esperma em cima dos sabujos que lhes dão no focinho e depois as viciam na heroína que eles tambem traficam,e que eu saiba o trafico humano é crime segundo a constituição portuguesa,e até mesmo a nivel internacional a interpol se quisesse emitia mandado de captura internacional,pois era ser coerente com o que diz sobre o flagelo do trafico humano,mas segundo voçê esses são os "bons".

O Benfica e o sporting é que ainda devem ser punidos porque refilam em serem roubados.

No caso do Benfica apenas só continua a ser roubado porque tem um otario na presidência,que alem de vigarista não sabe defender o clube.

Realmente quando a lei não funciona,o dialogo tambem não,só resta a via da força bruta,e há muito que a mesma é legitima no caso do Benfica,pois tamos a falar de dezenas de milhoes de euros de prejuízo,desvalorização dos passes dos jogadores,e prejuízos financeiros e sentimentais de cada adepto Benfiquista que assiste a um jogo viciado e corrompido.

Mas a demência da democracia tambem é usada no Benfica,e como tal,o probelema do Benfica é idêntico ao de Portugal.

Os lideres roubam,toda a gente sabe que roubam,não defendem os interesses das suas gentes,enriquecem á medida que o passivo sobe,mas lá está,na democracia manda o gado,e como mando o gado as hienas agradecem.

E será sempre sempre sempre assim....

E o mais ironico disto tudo é que sendo os Benfiquistas o colectivo nacional maior deste País,logo são os que pagam mais impostos,e nem falo das remessas dos emigrantes tambem eles maioritariamente Benfiquistas.

Logo os mesmos têm o poder nas suas mãos de erguer,deitar abaixo,ou manter determinado regime.

Mas apesar da força que têm,insistem em manter um regime politico que lhes caga na cara a toda a hora,e nem no periodo de folga(o futebol) se safam...

Não é só estupidez e covardia,tem o seu toque de masoquismo.

É o que eu digo...

Isto só muda quando as ovelhas(cidadãos) virarem lobos e arrebentarem com as hienas(democratas).

mujahedin مجاهدين disse...

Oh N,

explique-me lá este enigma, se conseguir:

Os Romanos - tipos perspicazes e sofisticados, tinham já naquele tempo resumido a arte de governar na simples fórmula panem et circenses. Pão e circo.

Ora, sendo o circo muito menos importante do que o pão - porque na falta deste, morre-se, na do outro, quando muito, morre-se de tédio, explique lá porque é que o circo se intromete sempre nas discussões do pão?

ae disse...

Pumba. FUTEBOL. Os indígenas não têm cura. Não se muda um "povo".Para quem é, bacalhau basta.

Zé Luís disse...

Sempre tive interesse em seguir as relfexões do jose em matéria de Justiça, para aprender alguma coisa.

Nunca tive de responder a ninguém, porque o espaço dos outros é para dialogar com o próprio autor.

Obviamente, outras vozes de burro, como o grunho do seu presidente e treinador, não chegam ao (meu) céu.

E, contudo, "ela gira".

O socratismo passa impune e Benfica e Sporting ameaçam árbitros e passam impunes. Em resumo, é a capital no seu esplendor e com o espanador para atirar o lixo para debaixo do tapete.

Ma(i)nada.

Zé Luís disse...

Bem, jose, convenhamos que alguma justiça é feita: o Aimar, artista segundo o grunho do treinador e o pateta do comunicador qual arcanjo celestial, levou 2 jogos de castigo.

É uma barbaridade justiceira, atendendo a que nem o carroceiro já vi alguma vez apanhou 2 jogos de castigo.

Partanto, acardito que isto é roubo. E vou cacarejar como as galinhas do Drogba.

O Sbordem então é sempre roubado. Até parece que foi o Sbordem que teve em Barcelos dois penáltis por marcar, um adversário por expulsar e um penálti contra com fora-de-jogo na jogada do adversário não marcado.

Eu sei que não é só o bruto do Caixão, mas o Venâncio ver para crer Tomé que não vê o pisa, pisa em P. Ferreira a meter os pitons num adversário com 1-0 para os da casa aos 60'.

Tss, isto é que é roubar! Parece a corja socratina. Tal e qual, Benfica e Sócrates duas faces da mesma moeda.

Pobres e benfiquistas a herança de Salazar. Viva os cânticos da Ericeira!

josé disse...

Futebol está um pouco fora da minha área. Offside. Gosto de ver os jogos do Sporden e do Real Madrid e ainda os do Barcelona.

Mais nada. Os do Benfica ou do Porto, gosto quando jogam bem. Ultimamente não jogam pelo que espero que o braga ganhe o campeonato.

mujahedin مجاهدين disse...

Para que se aproveite alguma coisa, ficam aqui alguns factos reveladores da qualidade da competição futebolística.

Daqui:

Desde a primeira época em 1934-35 (...) Estes 3 clubes repartem entre si 75 dos 77 títulos disputados. Os restantes dois títulos foram conquistados pelo CF Belenenses na época 1945-46, e pelo Boavista FC na época de 2000-01.

e

A Académica de Coimbra, o Vitória de Setúbal e o Sporting de Braga foram as restantes equipas que, para além dos 5 campeões, conseguiram alcançar o título de Vice-Campeão.

Portanto, o futebol português é como o política: viciado. O que não admira, porque se trata futebol como política e política como futebol.

Ruvasa disse...

A pergumnta que se impõe é a seguinte:

- De quem é a mala?"

Seguida de

- Onde é que ela pára?

Resposta:

Olha a mala!...
Olha a mala!...
Olha malinha de mão!...
Não é tua…
nem é minha…
foi p’ra França
d’avião.


http://www.jose-lucio.com/0%20Concertina/10_Mala.mid

Neo disse...

"A política é a continuação do futebol por outros meios"

Clausewitz

N disse...

O zé luís mostrou através das suas bocas á capital o que verdadeiramente move aquele antro.

A tentativa de partir o País primeiro através da regionalização e depois quem sabe separatismo.

O odio á capital,o odio aos do sul e financiamento de eventos anti nacionais,como o paleio de que são galegos e não portugueses e etc é o verdadeiro rosto daquilo.

Ó ze mas sabe que eu até sou tripeiro,mas de gema,não um cigano da ribeira ou um "tripeiro" da maia ou de gondomar.

Nascido na sé,criado no porto,e português de gema.

Mas sempre fui Benfiquista,sempre gostei da honra.

"Obviamente, outras vozes de burro, como o grunho do seu presidente e treinador, não chegam ao (meu) céu."

O Jesus é o meu treinador,mas o orelhas não é meu presidente,sou Benfiquista não vierista.

Quem ama o Benfica não pode suportar quem o rouba e quem se aproveita dele e nem o defende minimamente.

mujahedin مجاهدين Os Romanos que como disse foram astutos, no meio do circo e do pão tambem criavam bastiões de resistência frequentados por homens superiores.

Daí talvez o Benfica tenha como simbolo a Aguia imperial,simbolo do imperio romano,do nazismo e antes mesmo disso dos Atlantes.

E até a palavra amor ao contrario lê se roma.

E o vermelho é a cor do nosso sangue,cor tambem do imperio romano e do imperio nazista,sendo que a conjugação do vermelho,preto e branco tem um significado místico,já o azul e branco lembra me a bandeira de israel,os judeus e os liberais...

E curiosidades a revolta dos liberais sempre veio do porto,e os andrades sempre foram o bastião da doença do liberalismo...

Se calhar são tudo coincidências coincidentes,ou se calhar são os Deuses a querem nos dizer qualquer coisa...

Até Benfica separado pode ser entendido como "o Bem fica"...

O mundo está cheio de mistérios,e como diz o ditado, "em terra de cegos..."

Carros de música corrida