sexta-feira, 16 de março de 2012

Não, não foi ao Ricardo Costa...

Sapo:

O presidente francês recandidato ao Eliseu, questionado insistentemente por um jornalista sobre o tratamento dado por polícias a trabalhadores que protestavam numa siderurgia da ArcelorMittal, decidiu qualificar o jornalista de «cretino» (couillon!).

4 comentários:

rita disse...

É pior do que cretino... e é usado por gente de pouca cultura... Pode ser que o jornalista o processe.

Floribundus disse...

de facto o candidato tem razão.
lá como cá os cretinos abundam naquela profissão.
verdadeira 'racaille'

Floribundus disse...

Amigo
se o desejar, depois da 1 hora, pode ver no blogue
'viático de vagamundo' o post «comics by Jean Giraud»

Mani Pulite disse...

Que diabo,colhão o desgraçado? Acho mais que é un con,un pourri,une ordure,un crétin,un pauv' et sale mec,un connard,un dégueulasse e sobretudo une tante poufiasse.

Dura lex, sed latex