segunda-feira, 9 de maio de 2011

Um fait-divers

Daqui tirei estas duas imagens que seguem, bem significativas do esforço do "Luís" e séquito de assessores que desesperam até 5 de Junho.

As imagens, supostamente reportam-se ao mesmo momento, mas são enganadoras. Na primeira, a bandeira da UE está protocolarmente mal colocada.
Por isso mesmo, a foto que foi cedida pelo Governo à Reuters, foi apanhada de outro modo e notoriamente noutra altura. Esta foto, mostrada no Público e relativa ao momento e assunto, foi obviamente montada e "retocada" à boa maneira soviética. A pose e a gravata do "mudo" não é a mesma. A bandeira trocou de lugar e ambas foram deslocadas para outro sítio mais "enquadrado". A encenação aparece evidente, porque a ideia da foto é da do momento da comunicação, o que é falso.

Com esta gente é tudo encenação. Tudo. Desde sempre.

12 comentários:

Fernando Tavares disse...

Caro José
Já agora mais um pequeno pormenor.Uma foto foi tirada durante o dia e a outra foi à noite!
Cumprimentos
ftavares

zazie disse...

C'um caraças!

JC disse...

E numa fotografia o Socratino tem um papel na mão e noutra (a que parece a original) não.

De certeza que ambas as situações se referem ao mesmo acontecimento?

josé disse...

Acrescentei o link para o Público onde apareceu a imagem como tendo sido cedida pelo Governo. E reporta-se ao mesmo assunto, segundo se entende.

Luís Bonifácio disse...

Isto dava para ser publicado num jornal na folha dos passatempos "As 10 diferenças".

Kafka disse...

Comentário a propósito no 'A Educação do meu Umbigo'
----
A foto que surge em 2º lugar foi tirada antes da da declaração feita ao país:

- há mais luminosidade vista através da janela;

- Sócrates tem o nariz um pedacinho mais pequenino!!!!!!
----
Note-se a nuance do último parágrafo

Tino disse...

Só faltou porem o "pau de cabeleira" a sorrir...

Gomez disse...

A foto de baixo deve ter sido tirada num "ensaio" ... depois o Luís deve ter mandado o Teixeira dos Santos trocar de gravata e assumir a postura hierática de "múmia paralítica"...
Lamento discordar, mas, s.m.o., as bandeiras estão bem colocadas na primeira foto e mal na do "ensaio". Sendo colocadas duas bandeiras, a mais importante fica à direita, ou seja à esquerda de quem olhe de frente para o local onde estão colocadas).

ZéBonéOaparvalhado disse...

Recebi um mail do governo que diz

"PEC IV
. O acordo: não mexe no 13.º mês, nem no 14.º mês, nem os substitui por nenhum título de poupança; não mexe no 13.º mês, nem no 14.º mês dos reformados; não tem mais cortes nos salários da função pública; não prevê a redução do salário mínimo; corta apenas nas pensões mais altas, acima dos 1 500 euros, e admite o aumento das pensões mínimas. Simultaneamente, garante que não terá de haver revisão constitucional; não haverá despedimentos na função pública; não haverá despedimentos sem justa causa; não haverá privatização da Caixa Geral de Depósitos; se mantém a tendencial gratuitidade do Serviço Nacional de Saúde; se mantém a escola pública; e não haverá privatização da segurança social, nem plafonamento das contribuições, nem alterações à idade legal de reforma."

Qual é o 1º a dizer que é uma grossa mentira...ganha um "chupa chupa"

Wegie disse...

Mentira. Chupa-mos!

ZéBonéOaparvalhado disse...

FMI: "Governo já tinha tomado estas medidas antes de chegarmos aqui"

JC disse...

Ó Zé...parv...o, o nome fica-te mesmo bem.

O verdadeiro super-juiz