terça-feira, 17 de maio de 2011

A aldrabice como insulto

Sapo:
O secretário-geral do PS afirmou hoje que o líder do PSD ultrapassou todos os limites” ao dizer que o programa das Novas Oportunidades pretende “certificar a ignorância”, insultando 500 mil portugueses que o utilizaram.
José Sócrates falava no Funchal num almoço-comício integrado na pré-campanha das eleições de 05 de junho que encheu o cais capital madeirense, espaço que ficou vedado à população.

O secretário-geral do PS considerou que Pedro Passos Coelho revelou “ignorância” ao atacar esse programa e defender uma auditoria externa, porque essa análise já é efetuada e, “para além disso, referiu-se a esse programa dizendo que pretende certificar a ignorância, e aí passou todos os limites
”.

Passos Coelho foi professor. Sabe o que valem as Novas Oportunidades. Valem quase nada e foram um rombo nas contas públicas. Foram uma burla e igualmente um insulto à inteligência dos portugueses.

Qualquer pessoa minimamente informada sabe que as Novas Oportunidades valem quase nada de nada em termos académicos. Que não em termos estatísticos.

Por isso, o dito de José S. não é apenas mais uma intrujice. É também um insulto redobrado e a merecer resposta, porque quem verdadeiramente insulta os portugueses é quem afirma serem as Novas Oportunidades algo de diverso do que Passo Coelho disse.

62 comentários:

Floribundus disse...

neste sector nacional-socialista destinado a aldrabar estatísticas por parte dum pm novo-rico

para obter o 12º ano bastava comprar uma redacção com a 'história da minha vida'

a 24 de Julho de 1833, desembarque do duque da terceira, merecia mais que uns quantos analfas vindos do largo dos ratos

por falta de imaginação também a expedição do prior do Crato partiu de Belle-Isle-en-Mer para a 3ª.

provavelmentew a fatia denominada 'tranche' também partirá da Bretanha

Wegie disse...

Estamos a falar de pessoal maioritariamente contratado (agora menos a recibo verde, é certo) ou sem componente lectiva na escola onde está colocado, e do ou cumpres ou ficas desempregado.
Estamos a falar da venda por 500 Euros de Portefólios Reflexivos de Aprendizagem que darão acesso ao 12.o ano.
Estamos a falar da mentira de 1 milhão de portugueses que adquiriram competências aos longo da vida que justifiquem a certificação do 9º ou do 12º ano.

Enquanto não forem devidamente fiscalizados e, eventualmente, fechados os Centros que não desenvolvem um trabalho de qualidade, muitos portugueses continuarão a ser certificados sem terem competências para tal e muitos que foram certificados correctamente não verão o certificado valorizado pelas entidades patronais, que sabem o modo como processo tende a desenrolar-se e, por isso, têm grande dificuldade em separar o trigo do joio.

Lamas disse...

É por estas que precisamos de tirar o PS do poder.
Numa freguesia da margem sul,a escola primária está aberta das 19 ás 22 horas durante 3 dias por semana para ensinar a ler e a escrever pessoas que estão a receber o RMG e a que são obrigados.
Esta turma é composta na sua maioria por elementos de etnia cigana - cerca de 10 indivíduos com idades compreendidas entre os 15 e os 50 anos, pais e filhos incluídos.
A taxa de absentismo é elevadíssima.
Há sempre uma desculpa qualquer para faltar. Quando não têm justificação, e na eventualidade de perder o subsidio, passam ao insulto e à ameaça.
O aproveitamento é nulo. Na sala comportam-se como estivessem fora dela. Falam, atendem os telemóveis e saiam quando querem e voltam a entrar, sem que a (coitada) da professora tenha mão neles, sossegando alguma coisa quando o coordenador aparece e os ameaça efusivamente com o corte no pagamento.
O habitual.
Ontem à noite, um “aluno” novo queria ir à casa de banho e pediu à professora o alicate. A professora perguntou para quê, respondendo que era para abrir a porta que era como ele estava acostumado a fazer quando era preciso abrir uma.
Não sabia que há portas que até abrem com chave….
Se o PSD insultou 500.000, Sócrates anda à 6 anos a insultar 10.000.000

joserui disse...

Não é preciso estar muito informado, nem ser professor... eu tenho um terreno no interior, contrato uma pessoa que andou nas novas oportunidades. Julgo que chegou lá com o segundo ano do ciclo. Saiu, também não tenho a certeza, com o 12º (lembro-me de lhe ter dito que com mais um ou dois anos estaria a fazer concorrência ao advogado lá da terra...).
Ora bom, é uma pessoa que independentemente de todas as suas qualidade, não sabe somar 2+2. Um dia estive a fazer um "teste" e o pobre ria-se da sua própria ignorância que não era só avassaladora, era total em todas as áreas. Total.
Se me envia um SMS de 12 palavras, só não dará erros crassos nos artigos definidos. Porque de resto, são duas dúzias de erros e não é nenhum exagero.
Dito isto, o irmão que já vai no 11º pela via (a)normal, escreve mensagens no mesmo estilo. Um mail vindo dali só nos deixa perplexos no facto de ele ter conseguido chegar ao gmail ou coisa que o valha, às apalpadelas, literalmente sem saber ler e escrever.
As novas oportunidades e a escola de hoje na generalidade, só engana outros como esses trafulhas. Até um ceguinho vê essa merda que aí anda. Temos para décadas de miséria e está na escola muito desse radioso futuro. -- JRF

rita disse...

Estou convencida de que até são remuneradas, as tais pessoas que essa corja considera insultadas, por quem pretende apenas ter acesso à verdade.
Estarei enganada?

joserui disse...

Remuneradas para ir para as "oportunidades"? Isso não. Essa pouca vergonha foi com as "formações" desde o tempo de Cavaco Silva. Não estarei muito enganado se disser que foi mais dinheiro gasto com "formações" do que com auto-estradas. está aí à vista de todos o resultado. -- JRF

Wegie disse...

És muito ingénuo. Só conferem direito a uma bolsa de formação, subsídio de alimentação e subsídio de transporte. Mais nada.

Wegie disse...

Se bem que o aparelho burocrático CNO é o principal sorvedouro de um manancial de subsídios europeus que se perdem num exercício destinado a produzir uma aparência de qualquer coisa.

Mani Pulite disse...

O CRIME É NÃO SÓ PEDAGÓGICO COMO FINANCEIRO.TRATA-SE TÃO SÓ DA MAIOR BURLA COMETIDA EM PORTUGAL DESDE 74 EM CONJUNTO COM OS MAGALHÃES.OS MILHÕES PARA FORMAÇÃO DO QREN FORAM ATIRADOS PELA JANELA FORA COM MUITOS A EMPOCHÁ-LOS PARA DE FACTO DESQUALIFICAREM A GENERALIDADE DA POPULAÇÃO PORTUGUESA.OS DIPLOMAS DOS QUE MERITÓRIAMENTE DURANTE MUITOS ANOS DE TRABALHO OS CONQUISTARAM FORAM IGUALIZADOS POR BAIXO AOS FRAUDULENTAMENTE OFERECIDOS NA BURLA DAS NOVAS OPORTUNIDADES,OU SEJA,HOJE JÁ NÁO VALEM NADA.SÓCRATES GENERALIZOU A TODO O PAÍS O "MÉTODO" QUE SEGUIU PARA SE AUTO-PROCLAMAR INJINHEIRO PELA "INDEPENDENTE".NOVAS OPORTUNIDADES E INJINHEIRO SÓCRATES SÃO AMBOS CASOS DE POLÍCIA QUE COMO TAL DEVEM SER TRATADOS E DISCUTIDOS PÚBLICAMENTE PELO PSD NESTA FASE PRÉ ELEITORAL.PARA JÁ O PSD E PASSOS DEVEM DEIXAR DE LHE CHAMAR ENGENHEIRO.ENGENHEIROS SÃO SÓ OS QUE QUEIMARAM AS PESTANAS PARA OBTEREM O DIPLOMA E ESTÃO REGULARMENTE INSCRITOS NA ORDEM.SÓCRATES E O PS INSULTAM TODOS OS QUE TRABALHAM E ESTUDAM DE FACTO EM PORTUGAL.

rita disse...

http://alunosdoliberalismo.blogs.sapo.pt/175452.html

zazie disse...

Pois. Mas isso escreveu ele a 13 de Abril.

Eu agradecia era que me indicassem o que é que o Medina Carreira já escreveu depois do empréstimo.

zazie disse...

Isso que aí está não é nada.

Até tive de confirmar mais do que uma vez se era mesmo dele.

zazie disse...

Aqueles alunos são gente para que idade?

vintes?

É tão estranho ...

Wegie disse...

Que queres saber mais Zazie?

Que a diminuição da TSU em 4% compensada pelo IVA vai ter um impacto pequeno (2%) no aumento da produtividade como o demonstraram experiências anteriores (Chile anos 70 e Finlândia anos 90). Que os salários reais têm de decrescer cerca de 20% para recuperrar a perda de competitividade da economia. Que os salários reais tendem a estar 2% mais altos quando a taxa de desemprego é 1% mais baixa. Portanto uma reestruturação da economia só acontecerá quando a taxa de desemprego atingir os 22% como ocorreu no Chile e na Finlândia.

Wegie disse...

Isto é mais importante que a dívida o empréstimo e o default. Isto é que determinará o longo prazo.

zazie disse...

Pois é.

Mas tens lido isto nos jornais ou sei lá onde?

Já nem falo em informação tipo tv para as pessoas entrarem em pânico- refiro-me a artigos dos "experts".

zazie disse...

Eu pergunto isto porque há quem diga que não ver é apenas uma questão geracional (por isso é que perguntei a idade daqueles do blog) mas eu penso que é pior que isso.

Começo mesmo a ficar convencida que há interesse geral em esconder.

zazie disse...

Tu achas que é por andar tudo marado com a campanha?

E que mesmo os ditos analistas e economistas são gente que se encosta aos partidos e por isso estão calados?

Ou será ignorância?

naoseiquenome usar disse...

Caro José: Você auto-denomina-se de imparcial (e considera-se quase o único, secundado fortemente pela (essa sim) inenarrável zazie). Porém, basta ler os seus artigos para ver um enorme sectarismo, elitismo, vaidade, e, pior, desdém pelo povo. Um Magistrado do MP, que passa horas e horas na net, que (eventualmente terá sido promovido recentemente por antiguidade e, por isso, passado uns tempos por Lisboa, sendo, no entanto do Portugal profundo - com gosto, acredito) - renega o povo? Você está sempre contra tudo, desde que não se insira directamente no que massaja o seu ego. Sao as pessoas, os políticos, os magistrados, as polícias, os políticos, os advogados, ....... ( ainda não chegou aos homens do lixo por milagre!). Até consegue atribuir a inércia do MP às mulheres!!! Benza-o Deus!!!!!
Quanto às novas oportunidades e aos seus considerandos:
diz que a 3,ª classe dantes correspondia ao 9.ª ano de hoje. Fico pasma. Ao que parece tem filhos. Será que lhes dedicou tempo?! é que o pessoal da 3.ª classe de então, sabe o nome dos rios, a tabuada, e consultar uma enciclopédia. Mas perguntemos-lhe o meio ambiente sócio-económico, social e psíquico que os (nos) envolve. Respondem-nos com o terço e Fátima! Já os alunos de hoje, têm um programa disciplinar vasto, abrangente e, desde que eles queiram e os professores ajudem, exigente. Dou graças ao senhor ou a Belzebu, não sei, por ter uma filha no ensino público que Sempre foi quadro de excelência.E sabe, muito, do que eu sabia e de coisas que eu não sei. Nem o José, nem a maioria. Chega de extremismos e radicalismos a massajar-lhe o ego!

naoseiquenome usar disse...

continuando:
Muitas pessoas não tiveram qualquer oportunidade de fazer, pelo menos a escolaridade obrigatória. Contido, e, por mais experiência que tenham, é-lhes exigida a dita para continuarem a trabalhar. O que preferia o José? Que fossem todos para o desemprego, ou estes, com 40 e 50 anos, fizessem um grande esforço e em poucos meses conseguissem a equivalência que lhes permite manter o posto de trabalho?

Ah: já agora - sou do tempo pré-Bolonha. Merecem-me reparos os cursos adaptados em Bolonha.Mas quantos analfabetos temos provenientes de pré-Bolonha?

joserui disse...

O José não se auto-denomina nada e já leio aqui o sítio há muito tempo. Mas é imparcial, contra a mediocridade que varre Portugal de Norte a Sul e que encontra o expoente máximo nesse grande trafulha e no seu cv exemplar.
Há quem goste, continue a votar nele e não chateie. Um "programa disciplinar vasto, abrangente" isso é o quê? Conversa dos folhetos das novas oportunidades? Não se esqueça dos Magalhães, que eventualmente também os paga. Para isso está cá o FMI e a Europa toda. Para pagarmos. -- JRF

zazie disse...

Esta gaja é uma sopeira socretina mais bimba.

Anda há anos a tentar arranjar o raio de um nome e nem isso consegue.

Wegie disse...

Zazie,

Recomendo os papers de alguns bons economistas portugueses (alguns são jovens mas bons) como o Ricardo Reis que trabalha com o Nouriel Roubini na NYU. E a malta da história económica que tem um olhar sereno e desprendido sobre estas coisas. Jaime Reis, Pedro Lains, et al.

zazie disse...

Devias era massajar outra coisa em vez de vires para aqui com imbecilidades de porteira.

joserui disse...

Wegie, ingénuo nada, só digo o que sei: o artista que conheço e trabalha para mim às vezes (basicamente quando lhe apetece), não recebia nada. E ia a pé para a escola uma hora para cada lado, de noite, por caminhos que nós não andaríamos de dia. Nisso tenho de o elogiar. Até aí esforçou-se.
Mas mal possa até confirmo essa história. Não vá estar a dizer asneiras. -- JRF

zazie disse...

O Pedro Lains eu conheço. Mas eles têm escrito agora?

Wegie disse...

Estes ataques aconteceram simultâneamente em blogues que criticaram a trafulhice das NO e são claramente coordenados. Esta noite houve um pico de comentadores socretinos no Profblog e na Educação do Umbigo. A sondagem de hoje enervou-os.

Wegie disse...

Existem papers nas bases de dados do repec, etc.

joserui disse...

Ò caríssima que é isso de escolaridade obrigatória? O aldrabão anunciou-a até ao 12º ano. E daí? Até pode dar diplomas igual ao dele a toda a gente. É o mesmo. -- JRF

zazie disse...

Esta porteira é militante do PS.

Uma retardada mental e mulherzinha de corte e costura que é passar por cima e nem responder.

joserui disse...

Hehe... Vou passar por cima e nem respondo então! Que cromaria indecente. -- JRF

zazie disse...

Obrigada Wegie.

Nem era para mim. Pediram-me informação. Se havia por cá quem estivesse a comentar tudo isto, e sabendo.

Wegie disse...

Eu também acho. Adiante. José Rui. O teu amigo podia não pagar porque frequentou um curso não subsidiado. Mas há imensos que o são.

zazie disse...

Parece que ouvi um pluuuff abafado.

Vê lá não fique qualquer porcaria colada às solas

ehehe

joserui disse...

De facto, seria escandaloso não pagarem... a que propósito os alunos iriam às aulas? Que palhaçada radicalmente analfabeta. -- JRF

joserui disse...

Zazie, aqui não foi... hehe... tenho sempre muito cuidado. -- JRF

Wegie disse...

Deve ter ido arranjar outro nick para atacar noutro blogue. Eles devem ganhar à peça.

Wegie disse...

Retomando, os economistas institucionais, os que aparecem nos meios de comunicação social estão demasiadamente enfeudados as teias de interesses para abrirem a boca. Calam-se. Só para dar um exemplo extremo o Ricardo Salgado tem repetido incessantemente que a banca portuguesa tem sido espectacular e que se recomenda sic.

Hoje: LISBON—Portugal's banks have started to tap government guarantees offered under the bailout the country is receiving to help them fund their operations, showing the banks expect a liquidity crunch in the sector to continue.
Portugal BES plans EUR1.25 bln state-backed bond Reuters
Portugal's leading lenders to raise €2.62bn Financial Times

naoseiquenome usar disse...

Escolaridade obrigatória: a que o legislador decidiu que fosse. E que os trabalhadores necessitam de adquirir sob pena de ficarem sem trabalho.
Conhecimentos vastos e abrangentes:desde a noção de inserção na sociedade, na política, na crítica (construtiva ou não da educação), à motricidade humana, à sexualidade, às novidades mais recentes da ciência, da química, da física, da biologia.... isto tudo no secundário.
Porteira é uma profissão nobre. Mas, não, coitada da tresloucada, enganou-se na mansão.

Manuel disse...

O Blog do José já incomoda muita gente. Daí estas intrusões da Sra.programa disciplinar vasto e abrangente e do outro Parvo do Boné. Conforme li em algum blog, já só votam no Inenarrável Vigarista os imbecis ou quem tem a lucrar com isso o que sendo tipicamente português é moralmente reprovável e sinónimo de uma amplitude de horizontes que vai da ponta do nariz ao próprio umbigo.

Pela minha parte vou continuar a replicar por e-mail coisas aqui da Loja que presta um bom serviço (o verdadeiro) de informação.

Continuação de um bom trabalho José.

naoseiquenome usar disse...

Mas o que é que as NO têm a ver com o voto?
Preconceito puro.
Não sou Sócratina, nunca fui, nunca irei ser. Aliás, uma ligação ao "nick" responderia a essas inquietações.
A fixação nas eleições dá nisto.

Wegie disse...

Olha filha vou-te ensinar uma coisa:

Cesto das gáveas em português antigo = caralho. Mandar o marujo para o caralho era uma das piores punições a par com os tratos de polé ( Largar o marujo do mastro de mezena dependurado por uma corda até distender os músculos.)

Portanto vai pró caralho!

Wegie disse...

E o teu livro favorito é o Pêndulo de Foucault e não Folcault. Aposto que nunca o leste.

naoseiquenome usar disse...

Diga?!!!! Vá p'ro caralho você que o deve ter mais perto e deve estar a precisar.
Conversas com dementes aramados com putativa superioridade moral é impossível e no tocante a má educação, exige-se verdadeira democracia.
Já que me tratas por tu, o U, que lá falta, por mero lapso, que certamente tu nunca cometeste, bem pode servir para começares a uivar ululante de vaidade aprodecida.UUUUUUUUUU parvo, filho de alguém (vai chamar filha à PQP). Entendido? Continuai a masturbarvos intelectualmente e a dar cambalhotas da mesma natureza, com quem vos queira aturar. Até. (confesso que nem o José merece isto, este tipo de comentários, mas, pelo que proporciona, fica sujeito).

josé disse...

Depois deste último comentário fico sem resposta para dar ao que pretendia e que dizia respeito às considerações pessoais que me atingem.

Por isso fica mesmo assim: sem resposta porque não sei que palavras usar. E nem preciso de nomes.

josé disse...

Wegie:

Esse tal Marco era o do BMW? Baixote, cabelo encaracolado e sempre numa de estarola?

Na altura quem tinha carro e parava no Mandarim, tinha logo um séquito de gajas boas. Um pobre como eu, que lia as revistas estrangeiras e passei por Coimbra como um antropólogo diletante, sem entusiasmo algum e num curso que era um recurso para não fazer outra coisa que me agradava mais ( música, por exemplo), sem carro nem apartamento de "reuniões" e com uma educação conservadora, católica e cumpridor de seriedades, não tinha hipóteses por aí além. Mas não me arrependo de nada e voltaria a ser quem fui se lá regressasse numa viagem no tempo.

Mas era só para saber se era a tal que digo. Com cabelo à Mireille Mathieu, ligeiramente a fugir para o loiro, com uma cara não muito expressiva e mesmo linda.Ainda por cima vivia na altura ( primeiros seis meses de 1976, tinha eu 19 anos) perto de mim porque a via de vez em quando a subir a rua. Ficava pasmado com a beleza natural da moça.

Gosto de me lembrar disso porque é uma espécie de psicanálise extemporânea.

josé disse...

É o equivalente a lembrar-me de escutar A trick of the tail nessa mesma altura e de ver a discoteca que havia na rua da Sofia onde ia admirar os discos que saíam. Como por exemplo o Godbluff dos Van Der Graaf Generator. E um do Pharoah Sanders porque havia um maluco que hoje é neurologista ( e continua maluco) que gostava daquilo e como eu nem sabia quem era procurava logo saber. Esse tipo de conhecimento era-me essencial. Mais que estudar o Engish, por exemplo.

Wegie disse...

José,

Era esse mesmo. E a discoteca era a Vadeca se não me engano. Tinha uma fabulosa aparelhagem estereofónica com amplificador Quad e colunas Warfedale. Era um sítio óptimo para ouvir as novidades musicais.

joserui disse...

"um antropólogo diletante"? Hehe. Afinal às vezes auto-denomina-se alguma coisa! -- JRF

Wegie disse...

Só uma última nota:

Ela emendou de Pêndulo de Folcaut para Pêndulo de Foulcaut. Decididamente não atina com o Foucault. Faz-me lembrar o meu amigo Anótio Cralos...o drama humano.

zazie disse...

ahahahahhaha

Não posso crer. Grande toina.

josé disse...

Wegie:

Tu achas mesmo que a Vadeca ( perto do largo da Portagem, ainda na Ferreira Borges) tinha essa colunas Wharfdale à entrada?

É que ando há anos para saber isso porque esse som era o máximo. É o que me leva a comprar Lp´s hoje em dia. E estou à espera do Octave dos Moody Blues, precisamente por causa desse som que ouvi precisamente na Vadeca.

Fantástico, esta coincidência!

Wegie disse...

José,

Recordo-me perfeitamente das colunas e do amplificador Quad porque me maravilhavam e na altura sonhava em vir a ter algo de semelhante. E tenho.

josé disse...

Pois claro. A Quad e as Wharfedale eram distribuidas por eles...

Como é que não fui lembrar-me!

Fica em agenda para ver no ebay...

joserui disse...

Que é semelhante? Quad + Wharfedale? Quad para mim chegou a ser praticamente mítico... -- JRF

Wegie disse...

Jose Rui,

Para mim semelhante é mesmo isso:Quad + Wharfedale. Mas não sou especialista nessas coisas. Admito que haja melhor.

joserui disse...

Sim, mas é difícil bater os nossos sonhos! Eu tenho as minhas marcas fetiche... infelizmente nada baratas... vou andando e vou vendo. O José deu-me a dica do ebey.de e já lá comprei um autêntico boing 747 musical! Um Arcam DV139. -- JRF

joserui disse...

ebey é bem... -- JRF

José disse...

Qual o receio do meu comentário ter sido excluído?

José disse...

Vou tentar, relembrar-me do meu comentário que fizera sobre as novas oportunidades e que não foram consideradas aqui no blog.Ou se calhar e por falha do sistema foram liquidadas
As novas oportunidades e como o próprio nome indica, são hipóteses dadas aos cidadãos e em qualquer dos casos chegar com mérito àquilo que anteriormente não lhes foi possibilitado, por qualquer motivo. Mas tais hipóteses não são suposições mas realidades evidenciadas e sustentadas com a produtividade de cada um e não engajar apenas para a estatística. Com conhecimento de causa, um qualquer docente que se preze, não consente que o seu nome venha para a opinião pública descaracterizar o seu desempenho profissional e a um professor "ex primário que se preze "repito" não gosta de aprovar um dos seus alunos que nem o nome sabem fazer para o considerar como apto ao grau de ensino destinado.Acontece que no meu dia-a-dia, profissional "não sou docente" aprecem-me jovens com idades compreendidas entre os 18/35 anos que se apresentam com as habilitações equivalentes ao 9º ano tiradas com as chamadas novas oportunidades, sem saber ler nem escrever. Nestes casos, dizem-me, que como estando desempregados foi-lhes feita a proposta para as ditas ações de formação para receber o tal subsidio. Um destes caso, contou-me, que aos 3 anos fora para França e aqui não conseguiu concluir a 4º ano, ficando-se pelo 2º ano incompleto. Quando regressado a Portugal e já com 18 anos, não trabalhando, vai ao centro de emprego fazer a inscrição. A proposta fora a de que teria de frequentar uma ação de formação de 3 meses para ter direitos aos tais subsidios. Questionado sobre as habilitações, disse-me: em França é zero em Portugal é o 9º ano...e nada mais escrevo

josé disse...

José:

Não excluo comentários sem avisar o comentador. Não sei o que aconteceu com o seu comentário mas nada tive a ver com o que conta.

José R. Noras disse...

Agradeço que antes de perorarem sobre uma realidade que desconhecem se informem:
1- Nas Novas Oportunidades (NO) existem diversas modalidades de formação, adequadas a cada caso e não apenas o Reconhecimento de Competências que tanto vos incomoda.
2- Nas NO só recebe alguma verba pecuniária quem ou está desempregado (e recebe fundo de desemprego se aceitar participar no programa) ou trabalhando, ao mesmo tempo, frequenta um curso EFA à noite (curso por módulos com a duração entre 1600 a 2050 horas), assim recebe subsídio de refeição (4,3€ dia, como qualquer mortal).
3- Ao contrário do que muitos de vós afirmam ninguém "dá" certificados a ninguém. Eu já denunciei vários casos de plágio, já propus várias certificações parciais. Se há crimes, como venda de PRA é denunciá-los. Também sempre se venderam/falsearam teses de mestrado e de doutoramento e os senhores não se preocuparam com isso.
4- Tanto os cursos EFA, como o processo de RVC têm regras claras e nem todos os conseguem concluir. Quem não demonstra competências não concluí os processos.
Além disso, o reconhecimento escolar de competências adquiridas ao longo da vida é uma realidade em vários países da UE, tendo começado no Canadá e na Austrália.
5 - Em todas as áreas existem bons e maus profissionais. Tive colegas que no terceiro ano da licenciatura não sabiam, por exemplo, onde nasce o Mondego. A incompetência de alguns,não permite a ninguém, nunca, julgar o trigo pelo joio.
6 - Em última análise, a grande maioria dos vossos comentários revela preconceitos e ignorância. Preconceitos esses bastante enraizados em Portugal contra a educação em geral e a educação de adultos em particular. Ignorância, porque manifestamente falam do que desconhecem.
7 - Leiam o meu texto em: http://lojaarevolta.blogspot.com/2011/05/fonte-da-ignorancia-em-defesa-da.html e pensem pelas vossas cabeças.