terça-feira, 31 de maio de 2011

O povo tem costas largas

Sapo/Legislativas:

Em resposta ao líder do PSD, Pedro Passos Coelho, que afirmou estar convicto de que a troika prefere o PSD no poder, Sócrates disse que quem elege o governo em Portugal é o povo.

Quem elege o governo não é o povo. O povo elege deputados escolhidos por pessoas dos partidos, sem consulta ao povo. O governo sai normalmente do resultado do partido mais votado, mas não é o povo em eleições que escolhe o ministro da Justiça, por exemplo. Ou o das Finanças.

Mais uma vez este primeiro-ministro mostrou que é apenas um mentiroso compulsivo numa linha que Maquiavel, no seu Príncipe, caracterizou de modo definitivo. A mentira é a arte de governar deste primeiro ministro que caricatura até à náusea a receita de Maquiavel.

5 comentários:

Mário Rodrigues disse...

O FMI gosta é do Pinóquio:

http://www.youtube.com/watch?v=Enhm4_XL7qE&feature=player_embedded

rita disse...

Esse coisa é um VÓMITO!!!
Já não me lembro de ter uma semana tão looooooonga como esta.
Nunca mais assisto à notícia - "Sócrates DERROTADO"!!!

Karocha disse...

Grande Post, José!
Isso mesmo, é preciso que o povo entenda.

AF disse...

Eu acho que o que ele queria dizer era "...quem elege o governo em Portugal é o POLVO."

Mas enganou-se. Paciência. Ninguém é perfeito. :)

Mani Pulite disse...

O POVO ELEGE DEPUTADOS ESCOLHIDOS PELOS CHEFES DOS PARTIDOS SABE-SE LÁ COMO.OS DEPUTADOS É QUE VOTAM O GOVERNO.O MENTIROSO SABE TANTO DE CONSTITUIÇÃO COMO DE INGLÊS TÉCNICO.

o GRAsnar de António Costa