segunda-feira, 16 de maio de 2011

O ouro cobiçado

Já nos cobiçam o ouro...segundo o Wall Street Journal, Portugal tem em reservas de ouro, cerca de 18 biliões de dólares, correspondentes a cerca de 400 toneladas, por baixo.
Mas parece que pode haver um problema que os fariseus do WSJ descobriram: o ouro pode ter sido roubado pelos nazis e são os alemães que agora o querem...de volta.

O jornal, chegado aos bancos americanos dominados pelo lobby judaico, escreve assim:

So the Portuguese government held onto the vast majority of its Nazi gold, but the famously frugal Salazar preferred to save it rather than invest it in Portugal's economy in the 1950s and 1960s. His dictatorship was overthrown in 1974 and replaced by a new democratic state. But these democratic leaders also proved reluctant to spend their Nazi gold. They did use a small part of the reserves in the 1980s and 1990s to blunt Portugal's economic liberalization program, which was a prerequisite to Portugal's entry into the euro zone. At current market rates, Portugal's estimated gold reserves are worth roughly $18 billion (€12.7 billion), and there's reason to believe that even the 400-ton estimate is too conservative. Gold bars stamped with the Nazi swastika are said to remain in the vaults of the Bank of Portugal, which is located on the aptly named Gold Road in downtown Lisbon.

6 comentários:

Jorge disse...

O que eu percebi é que os Alemães,a meu ver muito bem com a ressalva de que não sendo economista não sei as implicações disso,querem que,em vez de se chegarem á frente,primeiro se vendam as "joías de família"...
De resto isto já é uma história requentada.
Se o ouro,legítimamnete recebido para pagar Wolfrâmio,tem como proveniência o saque praticado pelos Nazis a outros países (e não só aos judeus que,não foram nem de longe os mais maltratados na WWII),o mais que poderia haver era algo semelhante ao direito de regresso por parte desses países.Ou estou enganado?

Wegie disse...

José ainda bem que aproveitste a referencia. Resta dizer que o substituto do DSK transita directamente do JP Morgan sendo que o Borges veio da Golmann Sachs.

Por outro lado os gregos queixam-se amargamente que os alemães lhes surripiaram as reservas de ouro na WWII e nunca deram cavaco.

zazie disse...

E está nas catacumbas da Rua do Ouro

ahahahhahahaha

Wegie disse...

O melhor era mandá-lo para a Grécia a ver se eles se safam.

joserui disse...

Os bons da Goldman Sachs na Rolling Stone: http://www.rollingstone.com/politics/news/the-people-vs-goldman-sachs-20110511?print=true -- JRF

lusitânea disse...

A actual pesada herança de menos de 400 toneladas, das 966 que já existiram "só" dão para "um ano" de défice...
Consequências do "mais africano país da Europa" e "mais africano candidato"...alguém tem que pagar...