quarta-feira, 18 de maio de 2011

Há seis anos o PS prometia em cartaz, 150 mil novos empregos...

Económico:

A taxa de desemprego em Portugal agravou-se para o valor recorde de 12,4% no primeiro trimestre de 2011.
O valor acaba de ser divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e revela um aumento da taxa de desemprego quer face aos 11,1% observados no trimestre anterior quer em relação aos 10,6% registados no primeiro trimestre de 2010.

Maldito chumbo do PEC IV! "Como foi possível terem feito isto ao país?" ( José S. a propósito da não aprovação do PEV IV...)

O PS e este Inenarrável que o preside mais os diversos Sombras que por lá andam, só precisaram de meia dúzia de anos para conduzirem o país directamente à bancarrota. E querem continuar...

Apetece por isso transcrever o seguinte, daqui, do Dragoscópio:

"Em matéria de tiros no pé, o PS, convenhamos, está, mais que imunizado, sobreprotegido. Mesmo que os dê não os sente. Mesmo que os alveje, não os encontra. É a incomensurável vantagem de quem, a concurso ou desfile, comparece de cascos. Insensível aos cravos, inexpugnável às balas. "

7 comentários:

JC disse...

Essa transcrição do Dragóscopio está brilhante!
Brilhante!

Floribundus disse...

o inimputável deste nacional-socialismo já rosnou que a culpa é do método e da crise.

deviam aplicar-lhe o velho suplício do 'merda em boca'

zazie disse...

eheheh

Colmeal disse...

Depois das aldrabices partem para a agressão :

Agressões na campanha de socrates - TVI24

Wegie disse...

Segundo a besta do Walter Lemos a culpa é dos que começaram agora a procurar emprego e que antes não o procuravam e assim engrossaram a estatística. De acordo com esta lógica um desempregado que não procure emprego (i. e. não vá entregar ao centro de emprego regularmente o papelucho) não deve existir. Fantástico!!

AF disse...

Oh não ... os gajos meteram-se com o Vader! Agora é que vão ser elas! Quem se mete com o Império ... leva!

Safa, que estes tipos ainda conseguem ser piores que o Lado Negro da Força!

rita disse...

Excelente!!!

Desta vez é "crime violento"...