sexta-feira, 27 de maio de 2011

O escândalo avoluma-se

TVI:
A auditoria do Tribunal de Contas que arrasa as negociações do Governo para lançar novas estradas - e que a TVI revelou em primeira mão - só será conhecida depois das eleições. O documento esteve prestes a ser aprovado em finais de Abril, por um colectivo de três juízes, mas a intervenção do Presidente da República [ há aqui um lapso grave na notícia porque é o presidente do tribunal de Contas e não o PR...] e a doença do juiz relator atrasaram o processo.

Na sessão de 28 de Abril, de acordo com várias fontes, o presidente do tribunal, Guilherme d`Oliveira Martins, referiu aos juízes a existência de um acordo antigo, com a Presidência da República, no sentido de ser evitada a publicação de relatórios tão sensíveis politicamente em período pré-eleitoral.

7 comentários:

Mani Pulite disse...

TEMOS UM NOVO FACE OCULTA ABAFADO?COM A CUMPLICIDADE ACTIVA DO SOCIALISTA OLIVEIRA MARTINS QUE INVOCA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA PARA O EFEITO?A GRAVIDADE DE TUDO ISTO É ENORME EXIGINDO O SEU IMEDIATO ESCLARECIMENTO E A TAMBÉM IMEDIATA PUBLICAÇÃO DO RELATÓRIO.OLIVEIRA MARTINS É O NOVO PINTO MONTEIRO?

JC disse...

São as forças de bloqueio mas ao contrário.

JC disse...

Ai se já existisse o crime de enriquecimento ilegítimo:

"No essencial, no final de 2010, quando entregou a renovação anual da declaração de rendimentos, José Sócrates tinha uma situação patrimonial confortável: como primeiro-ministro ganhou 106 781 euros, em 2009, e não declarou débitos, o que significa que o apartamento na rua Braamcamp, próximo do Marquês de Pombal, já está pago. E também já pagou os dois créditos pessoais, contraídos em 2009 na CGD pelo prazo de um ano, no valor total de 45 225 euros".

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/legislativas-2011/um-de-mercedes-outro-de-opel

O 1º Mentiroso havia de explicar como é que a ganhar 100 ME por ano consegue pagar um crédito de 45 ME em num ano, comprar um Mercedes e pagar um apartamento numa das zonas mais caras de Lisboa.

josé disse...

JC:

Não sendo advogado de defesa do Mentiroso , devo dizer que tanto quanto sei o apartamento foi pago ao longo dos anos de um emprestimo relativamente baixo e em pouco tempo que acabou este ano.
O Mercedes parece que é o antigo porque agora não precisa- tem os Mercedes todos da presidência do Conselho de Ministros.

A minha dúvida é outra: por contraiu o tal empréstimo...se com isso ficou obrigado a pagar mais de 3 mil euros por mês e restando-lhe dois mil conseguia e consegue vestir em Milão e Paris e comer nos melhores restaurantes e ainda pagar quase mil euros por mês para os colégios dos filhos ( Alemão e Moderno) que isso de escolas públicas é para "o povo" que o partido diz defender.

Essa é que é a questão que ninguém lhe coloca porque entendem que é assunto da vida privada.

AF disse...

Caro José,

Penso que esses outros gastos que refere, os fará "em representação" do Estado. Atente-se nos escritos da montra da famigerada loja de roupa: primeiro ministro de portugal. Quer maior representação do que essa? :D

Quanto ao abafar da auditoria, enfim, nada de novo. É apenas a manifestação lógica das intenções que foram tão solidariamente manifestadas no discurso dos quatro no Pátio dos Bichos.

Mani Pulite disse...

OS DOIS HOMENS DE TOPO DO TRIBUNAL DE CONTAS-PRESIDENTE E DIRECTOR GERAL- SÃO DE "ORIENTAÇÃO" SOCIALISTA.É PRECISO DIZER MAIS ALGUMA COISA?

CE disse...

Caro José:

Só para esclarecer que o lapso, de facto grave e já corrigido, foi na versão "net" da notícia, não da que passou nos noticiários da TVI. Embora alheio a ele, peço desculpa aos leitores.

A História agora é outra...