sexta-feira, 20 de maio de 2011

Grande coça!

José S. e Passos Coelho estão em debate na RTP 1.

José S. tem levado tanta porrada verbal do líder da oposição que é a primeira vez que tenho a sensação que José S. perdeu o pé, mesmo fora da chinela.

24 comentários:

zazie disse...

Foi a maior. O cretino até se enrolava todo.

":O)))))

miguel disse...

Deve estar todo negro.
Ehehe!
Até ficou com cara de parvo,o suíno.

zazie disse...

Pois ficou. O tipo até se descontrolou.

disse...

Ó miguel, também não exagere!
Não ficou com cara de parvo com a discussão. Eu sou testemunha que ele já anda essa cara desde que o conheci!

josé disse...

uns argumentos do mais rasca que há, continua a flar no PEC IV e que não era preciso o empréstimo fica bem mostrado que não vive no mundo real.

josé disse...

Conheceu quem? O suíno?

josé disse...

O primeiro josé das 22:12 não é o autor do blog.

100anos disse...

Foi uma abada.
Golaços atrás de golaços.
O "engenheiro" relativo foi ao tapete vezes sem conta.
Ficou bem evidente que o aldrabão está no fim.
Aleluia !

rita disse...

Já nem caroço de azeitona vou precisar engolir. Parabéns a PPC.
Desejo muito que ele ganhe, por egoísmo, mas espero poder voltar a votar nele.

kurtz disse...

Passos ganhou hoje pelo menos o meu voto.

JC disse...

Sócrates foi mesmo esmagado.

Espero que aqueles para quem o Engenheiro se dirige quando ameaça com o papão do fim do estado social assim tenham entendido também.

JC disse...

E a prova disso, de que Sócrates foi esmagado, é que tanto Miguel Sousa Tavares como, principalmente, Clara Ferreira Alves, na SIC Notícias, disseram que Passos Coelho ganhou claramente.

MST fala mesmo em esmagamento.

joserui disse...

Não vi claro! Não gosto de perder tempo com esse grande aldrabão... mas se foi assim, gostava de ter visto! -- JRF

joserui disse...

Este blog é do José, se vêm para aqui outros Josés comentar, deviam ter o gostinho mínimo de arranjar outro nick. José II ou José III. Ou S. José! Qual é a vantagem de armar confusão? Mesmo que o estilo confunda menos que o nome... -- JRF

josé disse...

Pois realmente, ó amigo josé! Não quer assinar o nome com uma pequena diferenciação que evite confusão?

Até porque em muitos comentários seria capaz de os subscrever....

Wegie disse...

Eu vi: PPC falou do país que existe. O outro falou de uma distopia em que o défice foi de 6,8%, a competitividade se obterá através da ciência, onde nunca existiu crowding-out,etc,etc.

Eu não sei se foi esmagamento. Amim pareceu-me mais uma pessoa normal, PPC, a tentar dialogar com um louco. Até achei deprimente.

rita disse...

Mais de 11 milhões em propaganda. Por ajuste directo.
http://educar.wordpress.com/2011/05/20/algo-que-faltou-no-debate-as-verdadeiras-novas-oportunidades/#comments

Monchique disse...

Duas certezas: Sócrates perdeu de largo; Portas deve ter ficado com suores frios.

Mani Pulite disse...

NESTE MOMENTO NO ZOOLÓGICO DE LISBOA ESTÁ A OCORRER UM FENÓMENO BIZARRO E NUNCA VISTO.OS ANIMAIS FEROZES-TIGRES.LEÕES,CHACAIS,CROCODILOS,SERPENTES VENENOSAS E QUEJANDOS-ESTÃO A SER SÉRIAMENTE SOVADOS PELOS ANIMAIS DE CAPOEIRA.

kurtz disse...

Mani Pulite,

acho é que Passos Coelho nos andou a enganar a todos, a fazer-se passar por galinha de capoeira.

É um camaleão, e hoje mostrou-se a Sócrates. Pode ser que vejamos mais agressividade desta durante a campanha.

Ruvasa disse...

Sem menosprezo pelos restantes, há aqui três comentário que devem ser realçados e aos quais adiro inteiramente.

"Wegie
Eu não sei se foi esmagamento. A mim pareceu-me mais uma pessoa normal, PPC, a tentar dialogar com um louco. Até achei deprimente."

Pelas razões invocadas, também achei deprimente.

"Monchique
Sócrates perdeu de largo; Portas deve ter ficado com suores frios."

Alagado, direi eu!...

"kurtz

acho é que Passos Coelho nos andou a enganar a todos, a fazer-se passar por galinha de capoeira."

Pois, a todos, mas principalmente ao "vilarista".

PPC serviu-se dos anteriores debates (que não contam para a verdadeira disputa) para incutir na criatura a ideia de que o confronto de ontem seria uma degola de inocentes (ninguém passa de aprendiz a mestre do pé para a mão, por artes mpagicas).

E o que é certo é que foi mesmo.

Maria disse...

Claro que PPC venceu o debate. O palavreado de Sócrates não muda, é sempre mais do mesmo, a cassette está mais do que gasta.
Depois há aqui alguns pormenores entre estes dois homens que os distancia milhas um do outro e que aos eleitores-homens esses pormenores não dizem quase nada - para estes há outras qualidades, chamemos-lhes políticas e de personalidade, a que dão maior relevo.
Mas para as mulheres (que são a maioria nos países e possìvelmente em actos eleitorais também) o assunto já não se passa exactamente do mesmo modo.
Senão, vejamos: para além da competência política, integridade, inteligência e cultura acima do normal (e nesta, entende-se como fazendo parte do 'pacote' a académica, evidentemente), há outras, diria, indispensáveis. E se depois, repito, se DEPOIS das acima mencionadas e absolutamente exigíveis a qualquer presidente da república e primeiro ministro, lhes vierem associadas as seguintes, que não são de somenos importância: bom aspecto físico, educação primorosa, elegância no trato, estatura - no sentido de valor, integridade, capacidade governativa, etc. - bonito/interessante como homem, não bonito/efeminado, esclareça-se - "um pão" como dizia Vera Lagoa ou mais recentemente no tempo, "uma brasa" - que o distancie dos demais, então é ouro sobre azul. Neste caso teremos o candidato ideal. Todos os governantes que exibiram estas características físicas e intelectuais nos países ditos democráticos (e até nalguns dos outros) foram os preferidos dos eleitores. Da direita e não da esquerda, saliente-se, porque a esquerda tem outras preocupações 'mais absorventes' e portanto não liga a estas minúcias.

Se pensarmos em vários presidentes ou primeiros/as ministros/as nos vários países do mundo, salvo as raras excepções que confirmam a regra, na Europa e nos E.U., tinham quase todos, como governantes, além de inteligência e cultura q.b., muita classe e pessoalmente toneladas de carisma e eram adorados pelas populações (como por ex., neste último país, o giríssimo e riquíssimo e ultra carismático John Kennedy, que por acaso era de 'esquerda' mas isso era apenas por conveniência política...; e mais cá dentro de casa, o saudoso Sá Carneiro e, muitas décadas antes, o presidente-rei, como lhe chamou Pessoa, a quem dedicou um belíssimo poema e ambos adorados pelos portugueses) e, porque o eram, foram primeiro eleitos, depois, ou afastados por escândalos artificiais e/ou assassinados por maldade, inveja e ódio desmedidos. Para tristeza de milhões nos seus países e, extraordinàriamente, uma tristeza de tal ordem que extravazou para todo o mundo, como foi o trágico desaparecimento de Kennedy, mas também e pelo mesmo modo e processo (mas empregando outra 'técnica' para despistar), Sá Carneiro e muito antes deste, Sidónio Pais. Entre muitos outros mais.

Posto isto, apenas digo que Passos Coelho, não sendo uma verdadeira estampa, é um homem com muito bom aspecto e tem todas as qualidades acima referidas e, que se saiba, nenhum defeito que o impeça de poder candidatar-se ao cargo em disputa.
Em contrapartida Sócrates não tem nenhuma delas... e é possuidor de vários defeitos imperdoáveis: é um mentiroso relapso; é inculto; é vigarista; é demasiado piroso para o alto cargo que ocupa; é corrupto; tem um físico horrível (anda de peito prá frente e rabo espetado e os pés prós lados), é feio (aqui não tem culpa alguma), mas uma cara masculina, ainda para mais um primeiro ministro..., que tem um nariz enorme e horrível e, pior um pouco, que vai para um lado e a boca para o outro..., por favor! E vá lá, já não usa a franjinha à mariquinhas desde que assumiu o cargo de p.m....

Em poucas palavras (usando uma linguagem mais ou menos futebolística, tão na moda e, no caso presente, mais do que apropriada): Passos ficou com a taça do melhor jogador. Sócrates levou guia de marcha por ter sido uma nódoa em campo, não ter marcado um único golo e, devido à sua péssima prestação, ter levado a equipa à derrota.
Maria

hudo disse...

@kurtz
Você resumiu numa frase tudo o que conheço de PPC mas que a maioria dos eleitores ainda não perceberam ou desconhecem. Speak softly and carry a big stick; you will go far.

@Maria
CLAP! CLAP! CLAP!

Maria disse...

Hudo: Thanks a million.
Maria

O TCIC é para acabar...